ACIDENTE NA ENE GARCÊS
Vídeo de segurança mostra que motorista avançou sinal vermelho
O motorista do veículo foi identificado e é filho de um político da capital
Por Folha Web
Em 13/09/2017 às 16:00
O acidente aconteceu no cruzamento das avenidas Terêncio Lima e Ene Garcez (Foto: Divulgação)

Um vídeo de segurança registrou o momento do acidente que deixou duas pessoas mortas e quatro feridas em estado grave. O acidente aconteceu durante a madrugada do dia 8 de setembro, no cruzamento das avenidas Terêncio Lima e Ene Garcês, no Centro de Boa Vista.

O motorista do veículo foi identificado e é filho de um político da capital. Cinco dias após o acidente e fora do flagrante, o jovem se apresentou acompanhado de um advogado à DAT (Delegacia de Acidentes de Trânsitos)prestou depoimento por mais de duas horas e depois foi liberado ainda sem nenhum indiciamento por conta da investigação.

O video mostra claramente o veículo ônix ultrapassando o sinal vermelho na avenida Major Williams quando no cruzamento com a avenida Ene Garcês, atingiu a motocicleta. Os dois veículos aparentemente estavam em alta velocidade. O vídeo será analisado pela DAT e serão encaminhados para perícia.

O inquérito que irá investigar o acidente foi aberto na terça-feira (12). O prazo incial para a finalização é de 30 dias, podendo ser prorrogado.

Caso - Na madrugada de sexta-feira, dia 8, uma colisão envolvendo um veículo modelo Chevrolet/Ônix, de cor preta, e uma motocicleta Kasinski Comet 650 cilindradas matou duas pessoas e deixou quatro feridas.

O acidente aconteceu no cruzamento das avenidas Major Williams e Ene Garcez, nas proximidades da Praça das Águas, Centro de Boa Vista.

As vítimas foram identificadas como Romário de Souza Silva, 23 anos, e Renato Bezerra de Oliveira, 22 anos.

Quem passava pelo local prestou auxílio às vítimas e acionou tanto a PM quanto os serviços de primeiros socorros e o Corpo de Bombeiros.

Romário, que conduzia a moto, morreu antes da chegada do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Renato chegou a ser removido até o Pronto Socorro Francisco Elesbão, no Hospital Geral de Roraima (HGR), mas não resistiu aos ferimentos.

A namorada de Romário, que estava na garupa da motocicleta que ele conduzia, teve fratura nos dois braços e no fêmur, além de estar em estado grave e por isso também foi levada às pressas para a Unidade de Saúde, onde continua internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

 

samuel macedo souza disse: Em 13/09/2017 às 18:39:58

"nao que justifique, mas e a velocidade da moto? estava a 60km/h??? a culpa do acidente foi somente do motorista do carro??? nao sou perito nem nada...mas o estado em que ficaram os dois veiculos indica que a moto de ALATA CILINDRADA estava em uma velocidade absurda...."

Damiao disse: Em 13/09/2017 às 17:55:56

"Mesmo com provas esse filho do vereador ainda não vai dar em nada. Pois ele tem varios advogados além de ser playboyzinho. Mais a justiça de Deus não falha"