CAPITÃO CLÓVIS
Venezuelanos são retirados de Praça no Centro da Capital
A Praça fica a poucos metros das sedes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e estava servindo de moradia a dezenas de estrangeiros
Por Folha Web
Em 04/10/2017 às 09:00
Venezuelanos retiram seus pertences antes de deixarem a Praça Capitão Clóvis, no Centro (Foto: Hione Nunes)

Uma ação da Guarda Civil Municipal (GCM) ocorrida no início da manhã desta quarta-feira, 04, resultou na retirada das dezenas de famílias de venezuelanos que haviam montado acampamento improvisado na Praça Capitão Clóvis, uma das mais antigas de Boa Vista, no Centro da Capital.

A situação degradante a qual estavam vivendo os estrangeiros no local foi noticiada pela Folha no mês passado. A Praça fica a poucos metros das sedes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Os estrangeiros estavam vivendo em barracas montadas na quadra de esportes. As grades de proteção foram transformadas em um varal de roupas. As famílias, inclusive com crianças pequenas, estavam fazendo a higiene pessoal ali próximo.

A reportagem da Folha esteve no local, mas os guardas já haviam ido embora. Apenas alguns venezuelanos ainda juntavam seus pertences para se retirar da Praça, que já estava em situação de abandono antes mesmo da chegada deles.

PREFEITURA- A reportagem solicitou resposta da Prefeitura para saber para onde os venezuelanos foram realocados e o que o município vem fazendo para minimizar essa situação.

Matéria completa na edição impressa desta quinta-feira, 05 de outubro.

Estrela disse: Em 02/01/2018 às 23:14:56

"PQP!!!! Tá acabando nossa cidade esse situação !!!! Absurdo!"

Rildo Lopes disse: Em 04/10/2017 às 12:59:37

"Se deixam ... Acham ruim, querem ajudar, acham ruim, se retiram também acham ruim. Vai entender"

Castro disse: Em 04/10/2017 às 11:52:27

"Porque não deporta logo essa gente caramba só estão trazendo calamidade para nosso estado se fosse os brasileiros lá não teriam nenhum auxílio será que esses governos não tem um pingo de desalienação a Venezuela não está cometendo genocídio por isso não tem porque manter essa gente perambulando e aumentando a criminalidade "