NA SERRA DO TEPEQUÉM
Trio gaúcho ‘Blues da Casa Torta’ é a grande atração do Festival
Gostei (3) Não gostei (0)
Por Folha Web
Em 18/01/2018 às 00:18
‘Blues da Casa Torta’: A banda porto-alegrense iniciou em 2013 (Fotos Divulgação)

Em Roraima, o jazz e blues conquistaram seu espaço no circuito musical e na integração de artistas da tríplice fronteira Brasil-Venezuela-Guyana, sobretudo por meio de festivais voltados para estes gêneros musicais. Entre os eventos destinados a esse segmento está o Tepequém Jazz & Blues Festival, que ganha a sua quinta edição nos dias 10 e 11 de fevereiro de 2018.

Realizado na Serra do Tepequém, no Município de Amajari, o festival acontecerá no Platô 2112, um espaço cultural coordenado pelo agente cultural Joaci Luz. Fã de Jazz e blues, Joaci pretende reunir o melhor da música com a natureza do local.

“O quinto festival é um momento de comunhão da cultura do Brasil e da Venezuela, que dividem o mesmo amor pela música, um clima fantástico em cima da montanha, e ao mesmo tempo promove um mix com a natureza, para que todos venham compartilhar esse momento de felicidade plena e musical”, relata Joaci.

Segundo ele, apesar de ser um festival de apenas um ritmo, o evento é bastante eclético por levar ao palco vários artistas, de diversos gêneros.

“Este ano, ampliamos a conexão da música brasileira com a música latina, trazendo do sul do país uma atração musical que somará ainda mais ao cenário do jazz e blues produzido em Roraima. O resultado deste intercâmbio não é apenas a interação de culturas, mas a interação de pessoas, tornando o evento um grande sucesso que reúne pessoas de todo o país”, comentou.

Nesta edição, o Festival contará com arte gráfica e decoração exclusiva do artista plástico Edinel Pereira, um dos grandes expoentes das artes visuais em Roraima.

A Programação do 5º Tepequém Jazz & Blues Festival reunirá bandas e artistas da Venezuela e Brasil, com destaque para o grupo Blues da Casa Torta, do Rio Grande do Sul, que se apresentará pela primeira vez em Roraima. A programação completa do Festival será publicada em breve nas redes sociais.

Banda Blues da Casa Torta

A banda porto-alegrense iniciada em 2013 tem como nome a música de uma lenda do Rock Gaúcho, Mutuca Weyrauch. Pelo Rock Gaúcho, além do Blues, também foram muito influenciados, e a cada dia estão mais envolvidos nesses respectivos cenários. Em fase de produção de seu primeiro EP, intitulado “Desventuras”, produzido pelos renomados músicos e produtores gaúchos Mateus Borges (ganhador do Prêmio Açorianos) e Sergio Selbach (músico e produtor de renome internacional no quesito Blues), o Power trio, que tem como formação Bernardo Scarton (guitarra e voz principal), Filipe Siak (contrabaixo e voz) e Jerry Right (bateria e voz), é influenciado por inúmeras lendas americanas, inglesas e brasileiras.

Com letras em português, o jovem grupo aposta na criatividade de seus músicos, criando espaço para instrumentais alucinantes e improvisos. A banda já possui um set de músicas próprias em que histórias sobre o cotidiano, os amores e os tropeços da vida surgem de forma constante. Além de suas músicas autorais, o Blues da Casa Torta também faz versões de vários nomes do Rock e do Blues, como Stevie Ray Vaughan, Jimi Hendrix e Freddie King.

Serviço:
5º Tepequém Jazz & Blues Festival
Data: 10 e 11 de fevereiro
Local: Platô 2112 (Serra do Tepequém, Amajari)
Ingressos: R$ 30,00

Por Victor Matheus Mattos - Colaborador da Folhabv

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!