OUVIDORIA ON-LINE
Tribunal de Justiça de Roraima ativa WhatsApp para registro de ocorrências
Com o aplicativo, a população em geral pode registrar dúvidas, reclamações, solicitações e fazer elogios referentes a assuntos relacionados ao Poder Judiciário
Por Ana Gabriela Gomes
Em 22/09/2017 às 01:46
O contato deve ser realizado pelo número 99156-4464, por meio de mensagens de texto, fotos e áudios (Foto: Arquivo/ Folha)

A Ouvidoria do TJRR (Tribunal de Justiça do Estado de Roraima) lançou o uso do WhatsApp para registro de ocorrências. A novidade permite que usuários do sistema, advogados, servidores, magistrados e a população em geral registre dúvidas, reclamações, solicitações e elogios referentes a assuntos relacionados ao Poder Judiciário. O contato deve ser realizado pelo número 99156-4464, por meio de mensagens de texto, fotos e áudios.

O objetivo da utilização do aplicativo é facilitar o acesso da população à Ouvidoria, e consequentemente à Corregedoria. O atendimento pelo WhatsApp já está sendo realizado, no período das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira. “Qualquer pessoa vai poder entrar em contato e receber individualmente as informações diretamente da Ouvidoria e da Corregedoria, se for o caso”, explicou o juiz corregedor, Rodrigo Furlan.

Segundo ele, esta é a primeira vez no Brasil que uma Ouvidoria garante o acesso direto via WhatsApp. “Muitas pessoas já procuram o setor normalmente, contudo, ampliar o acesso é garantir ainda mais o cumprimento da Constituição quando diz que o cidadão tem direito às informações do TJRR”, comentou.

Furlan destacou que o acesso à Ouvidoria também vai ampliar o acesso à Corregedoria, tendo em vista o vínculo entre os setores. “As questões entram na Corregedoria pela Ouvidoria. Se não se resolve, ou se é grave, já é diretamente encaminhado”, explicou.

O lançamento oficial do aplicativo está previsto para ocorrer no mês de outubro, mas o atendimento já está disponível, apesar de ainda não ter registrado nenhuma mensagem.

FUNCIONAMENTO – Após prestar as informações, a pessoa receberá um número de protocolo onde poderá acompanhar o andamento do seu procedimento pelo Portal da Corregedoria (www.cgj.tjrr.jus.br/). No aplicativo podem ser encaminhadas mensagens de texto, fotos e áudios. Já as ligações devem ser realizadas através do número 0800-280-9551. (A.G.G)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!