ELEIÇÕES 2018
Suely confirma lançamento de pré-candidatura à reeleição no dia 22
Gostei (4) Não gostei (0)
A governadora informou que o presidente do PP, Ciro Nogueira, vai emitir uma nova resolução que dá uma abertura para a realização de uma pré-convenção
Por Paola Carvalho
Em 12/03/2018 às 01:22

Em entrevista à Rádio Folha, no programa Agenda da Semana, a governadora Suely Campos (PP) reforçou a sua pré-candidatura à reeleição nas disputas em outubro deste ano e confirmou a realização da sua pré-convenção no dia 22 deste mês.

O evento, que estava previsto para ocorrer no dia 26, no Centro de Tradições Gauchas (CTG) foi adiado após o presidente nacional da sigla, o senador Ciro Nogueira, emitir uma resolução que proibia a realização de pré-convenções e escolhas de candidatos da sigla até 7 de abril.

A governadora informou que a decisão foi tomada por conta de situações surgidas em outros estados, mais especificamente, na região Sul do País e não por conta de Roraima. "Até surgiram nas redes sociais, uns comentários que tinha intervenção de outros parlamentares do estado para que o Ciro assinasse essa resolução, mas isso não existe", acrescentou.

Inclusive, Suely afirmou que nesta segunda-feira, Nogueira vai encaminhar uma nova resolução, com uma exceção, para que seja realizada o lançamento da sua pré-candidatura no final do mês. A data da cerimônia foi antecipada e deve contar com a participação do presidente da sigla.

A gestora estadual aproveitou para esclarecer supostos desentendimentos com a sua sigla partidária e desmentiu qualquer possibilidade de falta de apoio da diretoria nacional à sua pré-candidatura. A governadora informou, por exemplo, que nunca teve dificuldades com o presidente regional da sigla, o deputado federal Hiran Gonçalves (PP) e que a mesma o convidou para ingressar na sigla.

"Nós achávamos que tinha que ter um deputado no PP, para defender os pleitos de Roraima. O deputado [Hiran] tem sido muito atencioso, tem realmente dado um suporte para o nosso governo em Brasília", explicou.

Sobre a recente saída de alguns parlamentares da sigla, a governadora afirmou que isso não influenciou no apoio da diretoria nacional à sua vontade de permanecer no cargo. Suely diz que o senador Ciro Nogueira tem garantido o apoio à sua pré-candidatura desde o início.

"Ocorre que nós tínhamos alguns deputados, alguns pré-candidatos que não se sentiam à vontade a concorrer as próximas eleições dentro do partido. Então, já saíram, foram para outras siglas. Mas a minha candidatura sempre foi uma prioridade do PP", completou.

EQUIPE - Mesmo com o lançamento da pré-candidatura confirmada, a governadora disse que ainda não definiu quem será o (a) seu (sua) vice. Suely disse apenas que deseja contar com a parceria de alguém que trabalhe por Roraima.

"Eu quero alguém que realmente se proponha a ajudar na nossa gestão próxima, que será muito desafiadora. O perfil que queremos é de alguém que trabalhe, que fique ao meu lado e tenha a sua definição do serviço. Não ficar viajando e viajando e não se interessar pelos assuntos do Estado", pontuou.

Já sobre a sua base, a governadora informou que tem muitos partidos reunidos e que deverá contar com o apoio do PDT da senadora Ângela Portela, o PRB, PRTB, PC do B e do PT. Em caso de reeleição, a governadora ressaltou que muito se fez durante os últimos quatro anos, mas que a gestão de um mandato é ainda muito limitada.

"Nós não andamos na velocidade que queremos. O foco é continuar investindo em saúde, educação, segurança pública, nos servidores e no tratado das questões junto ao Governo Federal, para o desenvolvimento de Roraima", concluiu. (P.C)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!