COPA VERDE
São Raimundo vai de três atacantes em busca da vitória contra Rio Branco-AC
Gostei (0) Não gostei (0)
A decisão contra o Rio Branco, pelo jogo de volta da Copa Verde, será às 20h30 (horário de Boa Vista) desta quarta-feira, na Arena da Floresta, em Rio Branco, capital do Acre
Por Ribamar Rocha
Em 21/02/2018 às 00:19
Treinador Chiquinho Viana vai lançar time no ataque (Foto: Ribamar Rocha)

O São Raimundo vai encarar o Rio Branco do Acre no jogo de hoje com três atacantes. A mudança no sistema de jogo e a ousadia de abrir mão de um quarto homem no meio-campo vêm da necessidade de buscar a vitória contra os acreanos, já que perdeu o jogo de ida, em casa, por 2 a 1. 

A decisão contra o Rio Branco, pelo jogo de volta da Copa Verde, será às 20h30 (horário de Boa Vista) desta quarta-feira, na Arena da Floresta, em Rio Branco, capital do Acre.

Como os acreanos venceram o jogo de ida, seguem na competição com um empate, vitória por qualquer placar ou até mesmo perdendo por 1 a 0. Caso o São Raimundo consiga vencer por 2 a 1 – mesmo placar do jogo de ida – a decisão será nos pênaltis. Para garantir a vaga na próxima fase do certame regional, o Mundão tem que vencer por pelo menos dois gols de diferença ou por um gol, desde que seja por 3 a 2, 4 a 3 ou mais.

A equipe realizou um treino de posicionamento no CT do Mundão, na segunda-feira, antes de embarcar para o Acre na madrugada de terça-feira. Depois dos trabalhos o treinador Chiquinho Viana falou que vai usar o sistema 4-3-3 e que as mudanças que vai promover na equipe, em relação aos onze que jogaram contra o Vila Nova-GO, quando perdeu por 1 a 0 pela primeira fase da Copa do Brasil e não vai ter como parâmetro o jogo de ida da Copa Verde, contra o Rio Branco-AC , adversário de hoje.

Segundo Chiquinho, o time fez um bom segundo tempo contra os goianos e por isso resolveu manter praticamente a mesma formação, com apenas uma mudança tática e outra de ordem médica.

“Vamos fazer um parâmetro da equipe que jogou no segundo tempo contra o Vila Nova e manter a formação apenas com a saída de Nilsão, no meio-campo, e promover a entrada de Juca e essa alteração é técnica por entender que o Juca apresenta uma pegada melhor e vem se destacando nos treinos”, disse.

A outra mudança também será no meio-campo, porém acontece devido ordem médica. O meia Emerson, titular absoluto, sofreu uma fisgada no adutor da perna esquerda e fica fora do confronto desta quarta-feira no Acre. O atleta nem seguiu com a delegação.

“Para a posição temos a variante do Eduardo Magrão ou o Ricardinho. Essa dúvida será resolvida momentos antes do jogo, pois tenho que observar como está o estado do gramado, pois soubemos que tem chovido muito em Rio Branco e isso interfere na minha decisão”, disse.

Desta forma o São Raimundo deve ir a campo com Diego; Luã, Sérgio Siri, Kelvyn e André; Belão, Juca e Ygo; Eduardo Magrão (ou Ricardinho), Ribinha e Raí.

“Só a vitória nos interessa e temos que ser um pouquinho mais eficientes do que fomos no segundo tempo contra o Vila Nova para sairmos de campo com a vitória e a classificação, embora a única preocupação que temos é quanto a nossa equipe ser muito jovem e de certa forma, inconstante, e se tivéssemos a oportunidade de ter feito três ou quatro jogos antes dessa decisão poderíamos estar mais confiantes e a equipe render mais e assim poder afirmar com certeza o que faremos. Mas acredito que faremos um bom jogo”, disse.

O técnico do Rio Branco, Cristian de Souza, deve manter a mesma formação que venceu o Mundão no jogo de ida, com Vanderlei; Jocenir, Patrick, Renan e Adriano Chuva; Léo Maceió, Fábio Gomes, Joel e Dollen; Welton e Mateus.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!