OCORRÊNCIAS
Roubo e furto de veículos aumentam em 58% em RR
Conforme a Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores Terrestres (DRRFVAT), quase 90% são motocicletas, a maioria levada para a fronteira com a Guiana
Por Minervaldo Lopes
Em 04/12/2017 às 00:49
As motos respondem pelo maior percentual das ocorrências de roubos e furtos de veículos no Estado (Foto: Arquivo/Folha)

Dados da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores Terrestres (DRRFVAT) apontam que de janeiro a novembro deste ano, o número de ocorrências relacionadas a roubos e furtos de veículos em Roraima cresceu 58% em relação ao mesmo período do ano passado.

Segundo a delegacia, foram registradas 1.279 ocorrências, sendo que quase 90% são referentes a motocicletas. Deste número, apenas 737 veículos foram recuperados pelas autoridades policiais.

“Podemos dizer que a grande maioria desses veículos - quase 90% - é motocicletas e o destino mais comum é para fora do Estado, sobretudo, a fronteira com a Guiana”, comentou o titular da DRRFVAT, Wulpsilander Trajano.

Conforme os dados, agosto foi o mês com maior número de casos, com 143 ocorrências; seguido de janeiro, com 141; e julho, com 134 notificações. Em relação às recuperações, as estatísticas apontam que o maior êxito ocorreu no mês de janeiro, com 101 restituições. Em seguida, maio, com 86 recuperações e agosto, com 81.

“Vale ressaltar que todos os dados são fornecidos pelo sistema de Gestão de Trânsito (Getran), do Departamento Nacional de Trânsito de Roraima (Detran-RR), e também dos Boletins de Ocorrências (BOs) registrados por delegacias em todo o Estado e encaminhadas para a DRRFVAT”, complementou.

Outro ponto ressaltado pelo delegado Wulpsilander Trajano foi relacionado aos cuidados que o condutor precisa tomar para não se tornar vítima desse crime. A escolha do local para estacionar é vital para reduzir o transtorno.

“É comum o condutor estacionar o veículo em locais ermos ou até deixar a chave na ignição, e isso aumenta em quase 100% os riscos dessa pessoa se tornar vítima de furto. Então, a dica que damos é para as pessoas terem cuidado. Prefira estacionar em locais movimentados, pois isso inibe a ação de bandidos.”, frisou.

Nos casos de roubos, onde geralmente o suspeito utiliza arma para intimidação, o delegado orienta que a vítima nunca reaja à ação e procure registrar o fato na delegacia mais próxima da ocorrência.

“Fazendo esse registro, as informações são repassadas para o sistema do Detran, para que seja feita a restrição de roubo/furto do veículo, tornando mais fácil a recuperação do bem”, pontuou. (M.L)

Fonte: Getran/Detran-RR

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!