MUDANÇA
Remídio sai da presidência regional do PR em Roraima
Gostei (0) Não gostei (0)
Parlamentar alegou que quer se dedicar exclusivamente a uma possível reeleição
Por Folha Web
Em 24/02/2018 às 01:25
Deputado Remídio Monai (Foto: Luís Macedo/Agência Câmara)

Os partidos em Roraima podem perder força política em razão do ano eleitoral por conta dos políticos com mandato que buscam a sobrevivência política com vistas à reeleição. As mudanças já começaram a ser ensaiadas visto que em março deste ano será aberta nova janela pelo TSE para a troca de partido sem risco de perda de mandato por infidelidade partidária.

O deputado federal Remídio Monai (PR) comunicou ontem que entregou a presidência regional do Partido da República em Roraima. O parlamentar disse que já oficializou a decisão ao Diretório Nacional da Legenda e justificou que a escolha pela necessidade de se dedicar integralmente à sua pré-candidatura à reeleição.

O Partido da República (PR) tem outro parlamentar federal em suas fileiras, o deputado Édio Lopes que se filiou em 2016. Pelo que se fala nos bastidores, o deputado Édio Lopes é quem deve assumir a presidência regional do partido, visto que o ex-deputado federal Luciano Castro já comanda a presidência estadual.

De acordo com experientes analistas políticos, se as eleições fossem hoje, um deputado federal para pensar em ser eleito ou reeleito no PR precisaria de milhares de votos. Em algumas coligações, o número de votos para se eleger é mais reduzido e, sobretudo confortável.

A reportagem da Folha tentou durante toda a sexta-feira contato com os deputados Remídio Monai, Édio Lopes e com o presidente estadual da sigla Luciano Castro, mas não obteve retorno.

Adailton Silva Oliveira disse: Em 24/02/2018 às 14:44:39

"Tem que se dedicar muito para encontrar novos eleitores, os que votaram já sabem que o resultado foi pirfio."