SENTIDO ÚNICO
Primeiro dia de mudança é marcado por acidente na Av. Princesa Isabel
Vários condutores não estavam sabendo da mudança no tráfego da avenida e entraram na contramão, mesmo havendo sinalização
Por Folha Web
Em 14/09/2017 às 02:09
Colisão entre a caminhonete e um Ford Ka ocorreu no cruzamento das avenidas Bandeirantes e Princesa Isabel (Foto: Nilzete Franco)

Um acidente envolvendo uma caminhonete L200, que estava na contramão e colidiu com um carro Ford Ka, na manhã de ontem, marcou o primeiro dia da aplicação da mudança da sinalização para sentido Centro/bairro da avenida Princesa Isabel, no trecho entre as avenidas Venezuela e Imigrantes, na zona oeste. A colisão ocorreu no cruzamento com a avenida Bandeirantes, no bairro Buritis.

O motorista que entrou na contramão disse que não sabia da mudança e alegou que não conseguiu enxergar a placa que indica o sentido único daquele trecho da avenida. Segundo ele, a sinalização estava longe de seu campo de visão, mesmo usando óculos. “Eu não sou contra a nova sinalização, mas acredito que a Prefeitura deveria trabalhar um pouco melhor com isso. Se dessem um prazo para os motoristas se adaptarem ou convocassem uma campanha para a conscientização dessa nova regra na avenida, eu não teria cometido esse erro”, defendeu-se.

A condutora do outro veículo envolvido na colisão, a fonoaudióloga Ellen Batista, afirmou que, mesmo após a caminhonete entrar no sentido contrário da avenida, ela tentou desviar virando o carro para a direita e buzinando insistentemente. “Foi uma mistura de susto e pavor. Ele não parou o carro antes de virar, apenas foi arrancando olhando para o lado oposto”, disse. “Esse é o único meio de transporte que tenho para transitar entre os dois lugares onde trabalho, minha clínica e em hospital particular. Sem ele, meus pacientes também serão afetados”, lamentou.

Segundo um microempresário que viu o acidente, Wederlan Peixoto, não havia presença de agentes de trânsito para orientar o tráfego no cruzamento das avenidas Bandeirantes com a Princesa Isabel. Por morar na esquina entre as duas avenidas, ele disse que testemunhou diversos carros entrando na Princesa Isabel na contramão e até tentou auxiliar por conta própria algumas pessoas que não estavam sabendo da mudança.

“Desde cedo eu vinha avisando, para quem estivesse entrando na avenida para ir na direção do Centro, que agora só há o sentido oposto nesse trecho. Mesmo assim, alguns motoristas me ignoraram e entraram errado do mesmo jeito. Teve até uma moça que fez um gesto obsceno para mim, achando que eu estava sacaneando ela”, afirmou.

Prefeitura afirma que via está sinalizada de forma bem visível

A Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Trânsito (SMST) informou, por meio de nota, que toda a avenida Princesa Isabel está sinalizada de acordo com o Manual Nacional de Sinalização de Trânsito, e que a placa presente no local do acidente é nova e conservada, estando visível e indicando o sentido obrigatório da via.

Também informou que, pela manhã de ontem, os agentes de trânsito estavam concentrados na parte do cruzamento da avenida Princesa Isabel com a Imigrantes, onde foi colocado um novo semáforo, que ainda não estava funcionando, para orientar e inibir o condutor de entrar na contramão.

A SMST ressaltou que não há necessidade de ter agentes de trânsito todo tempo no local. “A partir do momento que a via está toda sinalizada, o condutor que é habilitado deve cumprir o que rege os preceitos do Código de Trânsito Brasileiro”, frisou.

morais disse: Em 14/09/2017 às 10:46:38

"resumindo, o motorista não prestou a devida atenção, as placas estão la."

Suzete Cristina disse: Em 14/09/2017 às 09:18:10

"Um bom número de motoristas são irresponsáveis e a administração do trânsito também, então o resultado é uma mistura simples de incompetência. Não custa nada o motorista prestar atenção direito na sinalização e não custa nada também deixar guardas de trânsito na via durante a adaptação de quem está ainda na força do hábito de trafegar em duas mãos."

Christhian Rodolfo Torres Dominguez disse: Em 14/09/2017 às 07:51:13

"Coitadinho não lé jornal, não tem TV, não enxergou as placas...............não tinha agentes......totalmente inocente kkkkkkkkk"

antonio carlos de lima prado disse: Em 14/09/2017 às 07:42:27

"Esse papo de tempo para adaptação é conversa de irresponsável que não tem o costume de obedecer a sinalizações ."