POLÍCIA
PM está atrás de adolescente especializado em roubos de moto
Por João Barros
Em 01/12/2017 às 00:45
Os relógios possivelmente são frutos de roubos e a máscara deve ser usada durante a prática dos crimes (Foto: Hione Nunes)

Por volta das 4h de ontem, dia 30, uma guarnição da Polícia Militar iniciou uma perseguição a um adolescente, de 16 anos, que transitava em uma motocicleta pelas ruas do bairro Jardim Tropical, zona Oeste de Boa Vista. Depois de alguns minutos, o menor abandonou o veículo e conseguiu fugir para uma região de mato e igarapé.

A moto foi apreendida, mas os policiais decidiram ir até a residência do infrator, para fazer uma busca no local. Depois de pedir autorização da família, a equipe entrou no quarto do adolescente e encontrou quatro relógios, uma máscara, que seria usada na prática de crimes de roubo pelas ruas da Capital, e uma arma caseira improvisada.

Enquanto estavam dentro do quarto do menor, os policiais perceberam que outra moto foi ligada do lado de fora e, quando saíram, notaram que era o adolescente e iniciaram uma nova perseguição, no entanto, a viatura acabou perdendo o controle numa das ruas e por isso, perdeu visão do menor que conseguiu fugir pela segunda vez na mesma madrugada.

De acordo com o comandante da guarnição, o menor é conhecido da polícia e já foi apreendido muitas vezes por ser especializado no roubo e furto de motos. “A PM já conduziu ele inúmeras vezes e já conseguimos recuperar mais de 20 motos que estavam em posse desse indivíduo”, disse o policial.

Anteriormente os crimes eram praticados nas imediações da residência do infrator, mas nos últimos meses ele passou a atuar em todas as zonas de Boa Vista. “Onde ele encontra uma moto dando bobeira chega e furta mesmo.

O pai dele é uma pessoa digna, que trabalha dignamente, nós conhecemos, inclusive disse que já orientou o filho, mas não tem jeito. O adolescente falou para o pai que a polícia só vai conseguir pará-lo quando estiver morto”, ressaltou o PM.

Conforme a polícia, o menor já se intitula integrante de uma organização criminosa e, todas as motos furtadas e roubadas são vendidas pelo valor de R$ 300, cujo objetivo é levantar valores para ajudar a facção.

O veículo apreendido foi apresentado ao delegado do 5º DP para que as providências legais sejam adotadas por ele. A placa do veículo estava clonada, uma vez que a moto correspondente àquela placa estava apreendida no pátio do 5º DP. “Ele tem 16 anos e já consegue até confeccionar placa de outros veículos. Ele procura aqueles que não têm restrição e põe a placa numa moto roubada na tentativa de ludibriar a polícia”, finalizou o comandante.
Até o fim da tarde de ontem, o adolescente não tinha sido localizado e apreendido. O caso será investigado pela Polícia Civil. (J.B)

THIAGO CASTRO disse: Em 01/12/2017 às 12:51:15

"essa e a policia de Roraima , um adolescente faz de chacota toda uma corporação , como que pode um fugitivo voltar pra casa com a policia dentro pegar uma moto e sair em disparada nas barbas dos policiais , chega a ser piada isso "

Antonio Silva disse: Em 01/12/2017 às 09:24:41

"uaii!! se não tem outro jeito de pará-lo! faça o que o infrator recomendou."