MUDANÇA
Oleno Matos avalia sua passagem pela Casa Civil
Por Folha Web
Em 14/12/2017 às 01:37
Oleno Matos volta à Assembleia Legislativa na próxima segunda-feira (Foto: Divulgação)

Em entrevista exclusiva à Folha, o secretário-chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Oleno Matos (PDT), confirmou que voltará a ocupar o gabinete na Assembleia Legislativa na próxima segunda-feira, 18, e que um dos motivos de ter entregado o cargo é ser pré-candidato à Câmara dos Deputados em 2018.

“A governadora [Suely Campos] disse dois meses atrás que gostaria que os secretários que fossem ser candidatos entregassem seus cargos e é isso que estou fazendo. Volto para a Assembleia no momento de votar o Orçamento e quero me preparar para 2018, pois sou pré-candidato a deputado federal e vou visitar minhas bases para decidir o melhor caminho”, afirmou.

O parlamentar licenciado comentou que pretende mostrar aos seus eleitores que não houve abandono político de sua parte ao se licenciar da Assembleia Legislativa. “Nos propusemos a ir para a Casa Civil para que pudéssemos concretizar políticas públicas voltadas para a população e, dentro das nossas possibilidades, realizamos um bom trabalho”, avaliou.

Oleno Matos declarou que cumpriu seu objetivo de aproximar os poderes Executivo e Legislativo em prol do povo. “Foi positivo. Melhoramos nossa base aliada na Assembleia. Hoje temos uma base de 12 deputados e em construção para aumentar”, revelou.

Ele lembrou que, durante sua gestão, o Governo conseguiu avançar na negociação com as categorias de classe. “Temos as negociações que estavam em andamento e foram finalizadas. Os concursos que o governo anterior deixou em aberto, nós conseguimos trabalhar para que fossem finalizados. A PM chamou os oficiais, o Corpo de Bombeiros chamou soldados e oficiais, o Iteraima convocou servidores, a Saúde fez chamamento de quase mil homologados, tudo isso com minha participação”, recordou.

Matos citou um projeto seu voltado a pessoas com deficiência que foi sancionado pelo Governo. “Conseguimos homologar emenda à Constituição que trata da carga reduzida para pessoa com deficiência. Era um sonho, um projeto meu de parlamentar que a governadora se sensibilizou e aprovou. Conseguimos aprimorar os conselhos e cito como exemplo, o do idoso, da pessoa com deficiência, penitenciário, no sentido de melhorar o trabalho e atuarmos mais forte nisso”, frisou.

O Chefe da Casa Civil lembrou também de sua atuação em relação à crise financeira pela qual passa o Estado e mostrou-se confiante de que o Governo conseguirá passar por esse momento difícil. “Ajudei a governadora nesse duro momento pelo qual passa o Estado, priorizando o pagamento do salário além de repasse do duodécimo, pois têm poderes que cresceram 70%, com percentual de repasse muito maior do que o índice inflacionário, dificultando o pagamento das obrigações legais, além do pagamento dos empréstimos contraídos em governos anteriores. Também demos nossa contribuição em relação a estar livre da febre aftosa. Pude participar ajudando a governadora para não ocorrer à criação do Parque do Lavrado e tivemos êxito, pois era uma preocupação muito grande e foi um grande feito do governo”, disse.

Oleno Matos finalizou afirmando que, “dentro das possibilidades, executou tudo aquilo que foi incumbido, não faltando zelo, dedicação e lealdade”. “Volto ao Legislativo mantendo meu compromisso com o povo de sempre buscar o que for melhor para a coletividade”, concluiu.

JÚLIO CÉSAR disse: Em 20/12/2017 às 19:46:15

"Parabéns Dr. Oleno Matos!! Excelente trabalho realizado como Secretário da Casa Civil que terá continuidade como parlamentar estadual!! Sucesso!!"

LEONARDO FERNANDES DE MAGALHÃES NETO disse: Em 14/12/2017 às 17:12:03

"Parabéns Dep Oleno pelo trabalho realizado! Sucesso!"

Aramis disse: Em 14/12/2017 às 07:45:40

"Aproveite esse restinho de tempo. Nunca mais voce vai representar ninguém."

Mohammed Pataxó disse: Em 14/12/2017 às 06:40:19

"Nada fez, nada faz e nada fará. Retorna ao último ano de mandato para sair candidato à Dep. Federal e se eleito NADA VAI FAZER."

Mohammed Pataxó disse: Em 14/12/2017 às 19:08:21

"O Estado de Roraima perdeu e muito com este senhor, o estado perde porque um cidadão é eleito e negocia o mandato que não é dele (é do povo) duas vezes, assumiu Chicão faz Besteira, zero à esquerda e depois Flamarion faz Merda Portela mais dois zeros à esquerda. Vejam o que esses três fizeram de bom para o Estado, para a sociedade, nada mil vezes nada, mas o povo gosta, adora ser mal representado."

Mohammed Pataxó disse: Em 14/12/2017 às 19:08:26

"O Estado de Roraima perdeu e muito com este senhor, o estado perde porque um cidadão é eleito e negocia o mandato que não é dele (é do povo) duas vezes, assumiu Chicão faz Besteira, zero à esquerda e depois Flamarion faz Merda Portela mais dois zeros à esquerda. Vejam o que esses três fizeram de bom para o Estado, para a sociedade, nada mil vezes nada, mas o povo gosta, adora ser mal representado."