SAÚDE
Norte e Nordeste são líderes em consumo de macarrão no país
Gostei (1) Não gostei (0)
25 de outubro é o Dia Mundial do Macarrão
Por Folha Web
Em 24/10/2017 às 00:25

Quem quer sair da dieta tem uma boa justificativa para fazê-lo na próxima quarta-feira. 

Espaguete, linguine, penne, talharim, fettuccine… Há uma variação deles, velhos conhecidos. Onde o macarrão surgiu não se sabe ao certo, mas o fato é que a Itália deu uma grande contribuição para a história da massa ao criar e aprimorar diferentes tipos da pasta, que rompeu fronteiras e é hoje um dos alimentos mais apreciados no mundo.

Por essas bandas, o que não falta é opção para celebrar o Dia Mundial do Macarrão, comemorado na próxima quarta-feira. Além dos diferentes tipos de preparo da massa, o prato pode ser servido com os mais diversos molhos e acompanhamentos.

Para comemorar o Dia Mundial do Macarrão, celebrado em 25 de outubro, a Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI) divulgou um estudo realizado pela Kantar World Panel a respeito dos hábitos de consumo de macarrão no país.

De acordo com a pesquisa, o Norte e o Nordeste formam a macrorregião que mais come macarrão no Brasil, com 37% do volume total (1,24 milhão de toneladas) consumido em 2016, o que corresponde a 457,5 mil toneladas.

O estudo analisou durante o último ano uma mostra de 11.300 lares que retratam um universo de 53 milhões de famílias espalhadas por sete macrorregiões. No ranking nacional de consumo, seguidos do Norte e Nordeste aparecem o Sul (15,2%), Leste e interior do Rio de Janeiro (13%), grande São Paulo (10,5%), Interior de São Paulo (10%), grande Rio de Janeiro (8,2%) e, por fim, Centro-Oeste (6,2%).

Ainda segundo a análise, na macrorregião a preferência pelo espaguete é a maior (80%); o fusilli ocupa o segundo lugar (7,3%), seguido da lasanha (2,7%).

"Apesar de o macarrão estar presente em 99,5% dos lares brasileiros, ainda existe uma barreira cultural que tende a restringir seu consumo aos finais de semana, à macarronada de domingo com a família. Mas as massas são muito versáteis, podem ser preparadas de diversas maneiras e complementadas com vários ingredientes, além de serem práticas e baratas. O macarrão é um produto que tem todas as condições de ocupar lugar na mesa do brasileiro diariamente", afirma Claudio Zanão, presidente-executivo da Abimapi.

Confira essa receita fácil e gostosa de macarrão

Espaguete com tomate-cereja e requeijão

 Ingredientes 
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 dente de alho amassado
250 gramas de tomate cereja cortado em quatro
1/2 copo de requeijão
1/2 xícara (chá) de manjericão em folha
1/2 xícara (chá) de queijo parmesão ralado
400 gramas de macarrão espaguete cozido al dente
• sal a gosto
• pimenta-do-reino a gosto

 Modo de preparo 
Em uma frigideira grande, aqueça o azeite e doure o alho. Acrescente o tomate, o sal e a pimenta. Mexa delicadamente. Tampe a panela e deixe refogar em fogo brando por 2 minutos. Junte o requeijão e misture até derreter. Desligue o fogo, acrescente as folhas de manjericão e o queijo ralado. Misture ligeiramente com o espaguete e sirva em seguida.

SOBRE O DIA MUNDIAL DO MACARRÃO - O Dia Mundial do Macarrão foi instituído em 25 de outubro de 1995 em Roma, durante o I World Pasta Congress (Congresso Mundial de Macarrão), que reuniu os principais fabricantes em todo o mundo. O Brasil é o 3º maior produtor e consumidor mundial. Em 2016, o mercado brasileiro de massas alimentícias faturou mais de R$ 8,7 bilhões e foram consumidos quase 1,2 milhão de tonelada. Nosso consumo per capita é de 6,02 kg por ano.

No próximo dia 25, quarta-feira, a indústria mundial de massas alimentícias se reunirá pela primeira vez em São Paulo (SP) para a celebração do World Pasta Day (WPD). Os destaques do evento serão a assinatura de um consenso científico sobre os benefícios nutricionais do macarrão e a presença do prefeito da cidade de São Paulo João Dória Jr para o recebimento da doação de 20 toneladas do alimento para as creches municipais.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!