MEDALHA FORTE SÃO JOAQUIM
No aniversário do Estado, autoridades e personalidades são homenageadas
Gostei (5) Não gostei (24)
Cidadãos que desempenham relevantes serviços para a sociedade roraimense receberam a Medalha Forte São Joaquim
Por Minervaldo Lopes
Em 06/10/2017 às 01:50
Solenidade conduzida pela governadora Suely Campos ocorreu no Palácio Senador Hélio Campos (Foto: Hione Nunes)

Personalidades públicas e autoridades civis e militares foram agraciadas, na manhã de ontem, 5, com a entrega da Medalha Forte São Joaquim, honraria concedida a todos aqueles que prestam ou prestaram serviços relevantes para a sociedade. Alusiva ao aniversário de 29 anos de Roraima, a solenidade foi realizada no salão nobre do Palácio Senador Hélio Campos.

De acordo com a governadora Suely Campos (PP), a Medalha Forte São Joaquim trata-se da mais alta distinção concedida pelo Estado a pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras, que se tenham distinguido pelos seus méritos excepcionais ou pelos relevantes serviços prestados.

“A Comenda Ordem do Mérito Forte São Joaquim nada mais é que o reconhecimento do esforço e a dedicação dessas pessoas que, de alguma forma, ajudaram a balizar a nossa sociedade, além de manter viva a história de lutas e vitórias do povo de Roraima”, disse.

Foram agraciados com a medalha o comandante da 1ª Brigada de Infantaria de Selva, general Gustavo Dutra; o líder do Governo na Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), deputado Brito Bezerra, o médico Willian Jorge Fernandes Neves; o pecuarista José Mendes Brito e o advogado Antônio Oneildo Ferreira.

Em seu discurso como o mais novo cidadão a receber a comenda, o comandante da 1ª Brigada, general Gustavo Dutra, falou com emoção sobre a honra em estar contribuindo com o desenvolvimento do Estado. “Creio que não só eu, mas todos os que estão sendo agraciados nessa solenidade estão emocionados com esse momento. É uma honra estar contribuindo com o desenvolvimento de Roraima e essa é uma missão que nos traz imensa satisfação. Deixo aqui exposto que o Exército Brasileiro estará sempre presente para o que o Estado necessitar”, destacou.

Para o médico roraimense Willian Jorge Fernandes Neves, a entrega da medalha traz um significado especial em sua carreira de mais de 20 anos. “É muito gratificante, principalmente sendo roraimense como eu sou, receber uma honraria como essa. Me sinto eternamente feliz por isso, porque isso mostra o quando pude contribuir para o meu Estado”, comentou.

MAIS HOMENAGENS - Também foram agraciados com a honraria o economista e radialista da Rádio Folha AM 1020, Getúlio Cruz, que não pode comparecer a solenidade, a presidente da Associação Clube de Mães Anjos de Luz, Maria das Dores Silva, que não compareceu ao ato devido à internação da filha, e do cidadão pioneiro do Estado, Joaquim Corrêa de Melo, que por estar com 96 anos receberá a medalha em sua residência.

ORDEM DO MÉRITO - A Ordem do Mérito Forte São Joaquim foi instituída em 20 de março de 1990, por meio do Decreto Estadual nº 308. Recebeu este nome devido ao Forte São Joaquim ser o marco inicial do povoamento e efetivo desenvolvimento do território mais ao Norte do Brasil, resultando no surgimento do Estado de Roraima.

Segundo o decreto, a Ordem do Mérito Forte São Joaquim é constituída de cinco graus: Grã-Cruz, Grande-Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro. No caso do Grã-Mestre da Ordem do Mérito Forte São Joaquim, o posto é ocupado pelo chefe de Estado, nesse caso, a governadora Suely Campos, assistida por um conselho que é presidido por um chanceler. (M.L)

mano disse: Em 06/10/2017 às 07:33:29

"reconhecimento so para os magnatas do estado ,para os servidores que trabalham obrigatoriamente em ponto facultativo (saude) nao existe nem um muito obrigado."