BR-174
Motoristas denunciam condições da BR-174 norte
Por Folha Web
Em 02/12/2017 às 01:40
Nova superintendente regional do DNIT/RR, Delchelly Oliveira, afirmou que Operação Tapa Buracos emergencial já foi realizada três vezes no trecho (Foto: Hione Nunes)

Motoristas que trafegam diariamente pela BR-174 norte, que liga Boa Vista ao município de Pacaraima, denunciaram à Folha as condições de trafegabilidade da rodovia em um trecho de 20 quilômetros da região conhecida como Sorocaima até a sede de Pacaraima. Eles alegam que existem muitos buracos e alguns deles tão profundos que podem causar acidentes.

De acordo com o taxista Sebastião da Silva, que trabalha fazendo a linha há mais de dez anos, ele nunca viu o trecho da rodovia de Sorocaima até a sede de Pacaraima tão ruim como na atualidade. Segundo o taxista, é possível assistir a graves acidentes todos os dias e 90% deles são causados por conta das crateras. “Desde que comecei a fazer esta linha, nunca vi esse trecho de 20 quilômetros, que tem curvas e a subida, esburacado como agora. Todo santo dia tem colisão de carros e geralmente batem de frente. A causa é sempre a mesma: os buracos”, comentou.

Outro taxista que também faz a linha Boa Vista-Pacaraima, Pedro Carvalho, disse que por várias vezes os motoristas informaram pessoalmente a situação do trecho ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes em Roraima (DNIT-RR), mas o apelo deles nunca foi ouvido e o índice de pessoas vitimadas só aumenta por conta do problema. “Esse problema é vivenciado por nós motoristas há muito tempo. Já pedimos às autoridades competentes para resolver a situação e, mesmo assim, não fomos ouvidos”, desabafou.

Segundo a superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes em Roraima (DNIT-RR), Delchelly Oliveira, existe um contrato de restauração para o trecho, mas no momento falta verba para realização. Ela disse que o órgão espera a aprovação e liberação de uma emenda parlamentar para realizar a obra.

Delchelly comentou que, no local, já foi feita a Operação Tapa Buracos emergencial por três vezes e que o trecho está trafegável. “Infelizmente não temos orçamento disponível nesse momento para fazermos a obra de restauração daquele trecho. Esperamos uma emenda dos deputados federais para recebermos o dinheiro, mas a empresa responsável pelo contrato já realizou por três vezes a operação Tapa Buracos emergencial e a informação é que o trecho está trafegável”, alegou. (E.S)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!