VIOLÊNCIA NO TRÂNSITO
Motorista foge depois de matar indígena atropelado, na BR-174
Por João Barros
Em 28/11/2017 às 00:29
Corpo de João Yanomami foi dilacerado: polícia investiga autoria do atropelamento (Foto: Divulgação)

Após um fim de semana com quatro mortes no trânsito, a semana começou com mais violência. Na madrugada desta segunda-feira, 27, o indígena João Yanomami, que não teve idade revelada, morreu ao ser atropelado na BR-174, na entrada do Município de Caracaraí, região centro-sul de Roraima. O corpo ficou às margens da rodovia. A colisão foi tão forte que causou dilacerações e múltiplas fraturas espalhadas pelo corpo da vítima.

A Polícia Militar (PM) foi acionada por volta das 5h30 por motoristas que trafegavam pela rodovia e avistaram o corpo no acostamento da pista. O local do acidente fica próximo ao aeroporto de Caracaraí. Os policiais militares realizaram o isolamento do local e a preservação dos vestígios do atropelamento.

O Instituto de Medicina Legal (IML) foi acionado para fazer a remoção do corpo até Boa Vista. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) investigará as causas do acidente para tentar identificar o condutor do veículo, que fugiu do local. Até o fim da tarde de ontem, nenhum suspeito tinha sido identificado. (J.B)

Davi disse: Em 28/11/2017 às 07:20:04

"Mas ta complicado mesmo! Oque tem de índio vindo de pés nessa br 174 não è pouco! E eles não estão nem ai para os carros! Cadê a Funai para concientizar esse povo ???"