NO BURITIS
Moradores reclamam de rachaduras em paredes causadas por obras de drenagem
Segundo moradores da rua Raimundo Filgueiras, a obra está danificando a estrutura de residências
Por Folha Web
Em 14/12/2017 às 01:11
Rachaduras nas paredes já têm mais de 10 centímetros de comprimento (Foto: Nilzete Franco)

Moradores da rua Raimundo Filgueiras, no bairro Buritis, denunciaram à Folha que as obras de drenagem, realizadas por uma empresa contratada pela Prefeitura de Boa Vista, está danificando a estrutura das residências.

De acordo com o pedreiro Winton Santos, o trabalho de escavamento atingiu o lençol freático na região e, em consequência, está provocando rachaduras de até 10 centímetros nas paredes e nos muros das casas. “Na minha residência, as rachaduras já tomaram de conta. Portas e janelas não fecham mais”, afirmou o pedreiro.

Ainda segundo o pedreiro, além das rachaduras, a obra está dificultando a locomoção de alguns moradores, como idosos, já que não há mais calçadas na rua. “Minha patroa mora aqui do lado. Ela tem certa idade e, por conta da obra, já caiu duas vezes. Eles deixam muita areia em frente às residências, mesmo com os moradores fazendo apelo para os funcionários evitarem essa conduta. Depois que ela caiu, tive que retirar a areia com uma pá para não acontecer novos acidentes”, comentou.

Conforme Santos, a obra iniciou na rua há aproximadamente 45 dias. O pedreiro disse que tentou contactar a Prefeitura sobre os problemas, mas não obteve resposta. Ele acionou a Defesa Civil, que foi ao local no início desta semana, verificar a situação das casas, que podem desabar. “Se a pessoa passar na rua e esse muro virar em cima dela, ela morre porque é a frente de uma casa inteira que está caindo”, disse.

OUTRO LADO – Em nota, a Prefeitura de Boa Vista informou que a obra na rua Raimundo Filgueiras trata-se de uma obra de drenagem fundamental para a eliminação de pontos críticos de alagamento na região, o principal deles localizado na avenida Mário Homem de Melo, compreendido entre as avenidas Bandeirantes e Imigrantes.

A Prefeitura esclareceu ainda que, após a conclusão desse trecho, a empresa responsável pela obra será notificada para a recuperação das calçadas e possíveis rachaduras nos muros das residências. A população pode informar os transtornos à Central 156, que as demandas serão devidamente analisadas.

“Obras de drenagem são complexas e, eventualmente, causam transtornos, mas os benefícios serão maiores. A drenagem na rua Raimundo Filgueiras e, consequentemente, a eliminação de pontos de alagamentos, são uma demanda antiga da população daquela área. A Prefeitura esclarece que o atraso para a entrega da obra é devido a falta de repasse de recursos do Governo Federal”, informou. (E.S)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!