CONSTRUÇÃO DE CALÇADAS
Moradores dizem que calçadas deixam quintais sem escoamento
Gostei (0) Não gostei (0)
Por Paola Carvalho
Em 05/03/2018 às 01:52
A visão da rua para as casas indica futuros problemas de alagamentos (Fotos: Hione Nunes)

Em bairros próximos ao Centro, a Prefeitura de Boa Vista (PMBV) realiza a construção de calçadas, meio-fio, sarjetas e recapeamento das ruas. Mas, há moradores reclamando contra a altura das ruas em relação ao nível das casas. 

Atendendo indicação de moradores, em bairros como Aparecida e São Francisco, a reportagem da Folha observou que a preocupação é procedente e alguns podem ter prejuízos durante o período das chuvas.

A curvatura acentuada na pista de rolamento indica que a água da chuva será guiada para dentro dos terrenos. Por se tratarem de construções antigas, algumas casas estão abaixo dos meios-fios e calçadas, impedindo o escoamento dos quintais.

Por isso, alguns moradores temem que durante o inverno a água invada suas casas resultando em prejuízos. A moradora Wilmar Parente, da Rua José Bonifácio, no bairro Aparecida, acredita que mesmo fazendo aterro da calçada para o muro, o problema não diminui. “O nível do aterro vai dar na metade do meu muro. Falei com um pedreiro e ele disse que vai pegar 50 carradas de barro. A água que entrar vai alagar o quintal”, lamentou.

Wilmar disse que ao questionar sobre a obra, funcionários da construtora argumentaram que a casa dela estava errada. “Minha casa foi construída há muito tempo, mais de 30 anos. Não tinha nem piçarra na rua. Agora o pessoal vem, coloca barro, asfalto e o nível já fica mais alto que a entrada da casa. E ainda me disseram: ‘o problema é da senhora, que tem casa baixa’ ”, reclamou.

A moradora disse que os projetos de estruturação são necessários, contanto que, sejam ajustados a situação existente. “É um trabalho bonito. Eu gostaria muito que chegasse na minha casa um dia. Só que chegou de maneira, a meu ver, errada. Ficou essa coisa irregular e minha casa lá embaixo”.

Outro morador, que preferiu não se identificar, disse gostar do projeto, mas reclamou ter que gastar mais para igualar o meio-fio. “Eu tinha acabado de fazer a minha calçada, com base no asfalto antigo. Estava nivelada. Aí eles vieram, mudaram tudo e ela ficou mais baixa de novo”, informou.

PREFEITURA - Sobre as obras, a Secretaria Municipal de Obras informou que de 2013 a 2017, já construiu 153 quilômetros de calçadas em vários bairros da Capital. Segundo o Município, as construções seguem o padrão das normas de acessibilidade para construir as calçadas e meio-fio. “O objetivo é garantir que os munícipes transitem com segurança nas vias dos bairros”, disse a Prefeitura. (P.C)

luiza lino ribeiro disse: Em 05/03/2018 às 18:40:48

"VERDADE MINHA RUA FICOU HORRÍVEL, COM UMA VALA BEM NA ENTRADA DA MINHA GARAGEM, JÁ ESTA COM TRINTA DIAS QUE CAVARAM ESSA VALA. ALÉM DE FICAR A VALAR NADA E FEITO ATÉ AGORA. RUA ARTHUR VIRGÍLIO APARECIDA, E TEM MAIS MINHA CASA VAI SOFRER COM ALAGAÇÃO DE NOVO."

Rildo Lopes disse: Em 05/03/2018 às 12:11:11

"Não é reclamar...o fato é que tem espaço suficiente para fazer algo de qualidade e assim continuar com ruas largas...do jeito que esta sendo feito...se um carro parar interdita metade da rua....o espaço para fazer existe."

bonifacio disse: Em 05/03/2018 às 11:54:45

"meu deus do céu, a população só fala merda demais."

Rpd disse: Em 05/03/2018 às 09:29:20

"Calçada muito estreita (+- 1 metro), além disso estão usando dois meios fio, um interno e outro externo, se usassem somente o externo e o interno fosse o murro da residência, a calçada seria mais larga e daria para fazer o dobro de calçamento, tem outro detalhe não estão fazendo a drenagem das aguas pluviais, a intenção é boa mas o projeto é ruim, o dinheiro é NOSSO, temos que ser ouvidos. "

Gil disse: Em 05/03/2018 às 08:17:38

"O povo não sabe mesmo o que quer...se não faz reclama, se faz também reclama. Gostam mesmo é de viver no meio do barro!"

Rildo Lopes disse: Em 05/03/2018 às 06:43:32

"Não entendo pq estão fazendo essas calçadas que acabam com o escoamento e acostamento, assim acabando com a fama de ruas largas, mesmo havendo espaço "