PAPAI NOEL DOS CORREIOS
Menino pede bicicleta para deixar de ir à escola a pé
Welyton fez o pedido um mês após perder o irmão, que estudava na mesma escola e o acompanhava todos os dias
Por Ana Gabriela Gomes
Em 05/12/2017 às 01:31
Welyton Ribeiro de Araújo, de nove anos, disse que a bicicleta pode ser branca (Foto: Nilzete Franco)

Na carta enviada à campanha Papai Noel dos Correios, Welyton Ribeiro de Araújo, de nove anos, pede uma bicicleta para deixar de ir à escola caminhando. O pedido é feito de forma simples, sem escolha de marca, modelo ou cor. Vindo de uma criança de nove anos, ninguém imagina o que o levou a escolher o presente. Welyton fez o pedido um mês após perder o irmão, que estudava na mesma escola e o acompanhava todos os dias.

Junto ao irmão mais velho, de 14 anos, Welyton mora com a mãe em uma pequena casa de madeira no bairro Cidade Satélite, zona Oeste da Capital. A única bicicleta da casa é utilizada pelo irmão mais velho. Pela manhã, ele caminha cerca de 20 minutos para chegar ao colégio. Na volta, o percurso é o mesmo. Pelo fato de a mãe trabalhar durante os dois turnos, ele passa a tarde na casa da avó, que mora em frente à residência do menino.

Dona Hilda é chamada de avó-mãe por Welyton e pelo irmão. Desde pequeno frequentando a casa da avó, ela contou que faz parte da criação de todos os netos. Em uma casa humilde, onde moram oito pessoas, ela recebeu a equipe de reportagem da Folha com um sorriso largo e acolhedor, dizendo que a bicicleta será um estímulo ao neto, que deixou de ir pra escola há cerca de uma semana após a perda do irmão.

Ela relatou que às vezes o menino é levado pelo tio de carona. Contudo, nos dias em que não é possível, ele precisa ir andando. “Ele sempre foi com o irmão, eles faziam tudo juntos. O irmão acordava ele pra ir pro colégio e eles iam e voltavam juntos. Welyton é um menino lindo. Mesmo nos momentos tristes, ele consegue dar um sorriso que só ele tem e que ilumina a todos”, contou.

Sobre o pedido feito, Welyton explicou que não tem escolha de uma bicicleta específica, mas que a cor escolhida pode ser branca. A ansiedade transparece no olhar. Além do Natal, dezembro é o mês de aniversário dele. No próximo dia 21, Welyton completa dez anos de idade. Dois dias depois, é a vez de comemorar o aniversário da vó Hilda. “Espero muito ganhar a bicicleta!”, finalizou. (A.G.G)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!