OPORTUNIDADE
Inscrições para concurso da Desenvolve RR são prorrogadas
São ofertadas 17 vagas para cargos de nível superior, com salários de R$ 2.290 a R$ 2.646
Por Folha Web
Em 02/02/2018 às 01:25
Esta é a primeira vez que a instituição faz concurso público (Foto: Hione Nunes)

A Agência de Desenvolvimento de Roraima (Desenvolve RR) prorrogou até o dia 7 de fevereiro as inscrições para o concurso da instituição. É a primeira vez que o órgão realiza este tipo de seleção, com a oferta de 17 vagas para cargos de nível superior.

O presidente da Desenvolve RR, Weberson Pessoa, explicou que a prorrogação ocorreu para que os interessados tenham tempo de pagar a taxa de inscrição. "A nova data é no período que muitas pessoas estão recebendo o seu pagamento, uma oportunidade para quem deseja participar do concurso", disse.

As inscrições são realizadas apenas pela internet, pelo site http://www.ajuri.org.br, até as 23h59 do dia 7 de fevereiro, quarta-feira da próxima semana. A taxa de inscrição é de R$ 110. O edital elaborado pela Ajuri (Fundação Ajuri de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Federal de Roraima) prevê salários que vão de R$ 2.290 a R$ 2.646. A carga horária de trabalho é de 30 horas semanais.

As vagas são para analista administrativo (5), contador (5), analista de marketing (1), advogado (1), analista de sistemas (2), economista (2) e agrônomo (1). A seleção será feita por meio de uma prova objetiva, prevista para ser aplicada no dia 18 de março, das 8h às 12h. O resultado final será divulgado no dia 15 de maio. A contratação está prevista para o mês de junho. O concurso terá a validade de dois anos, prorrogáveis por igual período, a critério da instituição, a contar da data de homologação do certame.

O presidente comentou que o concurso vai reforçar o quadro de funcionários e favorecer a produtividade da Agência de Desenvolvimento, beneficiando a população. "Dessa forma, vamos atingir o nosso objetivo de desenvolver Roraima em vários aspectos como na linha de crédito, nas empresas e no setor de agricultura", afirmou.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!