VULNERÁVEL
Guianense suspeito de estuprar enteada por cinco anos é preso
Gostei (2) Não gostei (0)
Vítima fez denúncia, que foi investigada pelo Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente
Por João Barros
Em 19/01/2018 às 00:57

No fim da tarde de ontem, por volta das 17h, agentes do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (NPCA) cumpriram mandado de prisão contra um homem de origem guianense, M.P.R., de 33 anos, conhecido como “Pedro”, embora o nome em português não tenha qualquer semelhança com sua verdadeira identidade. A prisão se deu na zona rural de Alto Alegre, região centro-oeste do Estado. 

O homem estava numa fazenda quando os policiais chegaram para efetuar a prisão. As investigações, que foram presididas pela delegada Eliane Gonçalves, apontam que o homem estuprou durante cinco anos a enteada, dos 11 aos 16 anos de idade.

A prisão foi pedida após a autoridade policial comprovar a materialidade do crime. O caso foi descoberto porque a adolescente fez uma denúncia que chegou ao NPCA. O autor do crime vai responder por estupro de vulnerável, como prevê o artigo 217 do Código Penal Brasileiro (CPB).

Passava das 19h quando o indivíduo chegou à Capital, escoltado pelos agentes. Ele foi interrogado pela delegada e, ao fim do procedimento, submetido a exame de corpo de delito na sede do Instituto de Medicina Legal (IML). Ainda na noite de ontem, ele foi encaminhado para a Cadeia Pública de Boa Vista (CPBV), no bairro São Vicente, onde ficará à disposição da Justiça.

A vítima está sendo acompanhada por uma equipe técnica do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e recebendo atendimento de psicólogo e assistente social. (J.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!