CONFERÊNCIA DO CLIMA
Governadores de estados da Amazônia participam da COP 23 na Alemanha
A governadora de Roraima e de outros oito estados da Amazônia Legal confirmaram presença
Por Folha Web
Em 13/11/2017 às 01:11
Suely Campos participará do painel que trata dos desafios e oportunidades para o desenvolvimento sustentável da Amazônia (Foto: Secom-RR)

Um dos responsáveis pela redução do desmatamento na Amazônia Legal, Roraima participa da Conferência do Clima da ONU (COP 23), que começou no último dia 6, em Bonn, na Alemanha. Amanhã, 14, será realizado o Amazon-Bonn, no Museu de Arte Moderna de Bonn (Kunstmuseum), evento que também servirá para consolidação do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal, ratificado no mês passado em Rio Branco, no Acre, durante o Fórum de Governadores da região.

A governadora Suely Campos confirmou participação no evento, assim como os governadores Amazonino Mendes (Amazonas), Confúcio Moura (Rondônia), Flávio Dino (Maranhão), Marcelo Miranda (Tocantins), Pedro Taques (Mato Grosso), Tião Viana (Acre), Simão Jatene (Pará) e Waldez Góes (Amapá).

Também estará presente o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, além de autoridades brasileiras e internacionais, representantes de agências de fomento, instituições financeiras, projetos empresariais com foco em sustentabilidade, organizações da sociedade civil, populações tradicionais e indígenas.

O Amazon-Bonn é um dia inteiro dedicado a discutir os caminhos para fazer da Amazônia um protagonista definitivo no cenário internacional da economia de baixo carbono e de enfrentamento das mudanças climáticas. O evento será trilíngue (português, inglês e alemão) e substitui o Amazon Day, que já aconteceu em edições anteriores da COP e, no ano passado, foi realizado durante a IV Conferência Internacional sobre Desenvolvimento Sustentável, nos Estados Unidos.

Para ampliar o debate sobre a Amazônia, serão realizados painéis temáticos que abordarão desafios e oportunidades para consolidação de um desenvolvimento com proteção ambiental. Entre os assuntos em pauta, destacam-se financiamentos e convênios internacionais para proteção da floresta e do clima; controle de desmatamento; modelos produtivos sustentáveis e a consolidação do Código Florestal Brasileiro.

Suely Campos participará do painel 2, que trata dos desafios e oportunidades para o desenvolvimento sustentável da Amazônia, ao lado do governador do Maranhão, Flávio Dino; do presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil), Roberto Jaguaribe; do empresário rural Pedro Paulo Diniz e do diretor para a Promoção de Desenvolvimento Sustentável da Funai, Rodrigo Faleiro.

“Roraima se destaca na preservação ambiental. Registramos queda no desmatamento desde 2005, sendo que este ano a taxa reduziu 43% em relação ao 2016. Importante destacar que isso ocorreu num cenário de crescimento econômico, que resultou em aumento do PIB (Produto Interno Bruto) em 1,2%. Isso quer dizer que nossa economia está crescendo associada a práticas sustentáveis”, observou a governadora.

Suely Campos frisou que os produtores em Roraima estão atentos ao compromisso mundial contra o aquecimento global, colocando em prática, por exemplo, a agricultura de baixo carbono, a pecuária consorciada à lavoura e o sistema Integração Lavoura Pecuária Floresta, que já é desenvolvido em algumas propriedades e que tem na Embrapa duas unidades demonstrativas.

concurseiro disse: Em 13/11/2017 às 06:09:06

"quero ver a amazônia só pasto,boi e agricultura mecanizada . essa falácia de preservação parte de uns tupiniquins extrativistas preguiçosos que ficam trepando em pé de açaí e outros coqueiros para retirar aquela porcaria de sumo que não presta para nada . vai gastar dinheiro a toa Alemanha nem sabe que o brasil existe só lembra daqueles 7a 1 num país de corrupção total. desejo urgentemente que as forças armadas assumam o controle desse antro e poe ordem nessa farandola "