REDES SOCIAIS
Fakes são denunciados na Polícia Federal e Justiça Eleitoral
Gostei (0) Não gostei (0)
Por Folha Web
Em 20/02/2018 às 01:17

O deputado estadual Mecias de Jesus formalizou denúncia junto a Polícia Civil, Polícia Federal e solicitou providências junto à Justiça Eleitoral contra a série de ataques que o mesmo vem sofrendo nas redes socais, especialmente, após ter lançado sua pré-candidatura ao Senado da República.

Ele destacou que este comportamento durante o período eleitoral é visto com preocupação pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que, inclusive, criou um grupo especial para estudar e desenvolver pesquisas sobre a influência das redes digitais nas eleições deste ano e um canal de denúncias para combater a propagação das chamadas ‘fake news’.

“Eu já fui vítima dessa campanha sorrateira e suja praticada por meus adversários em anos anteriores. Nos períodos eleitorais de 2010, 2012 e 2014, eu sofri esta ofensiva de fakes por parte dos meus adversários. Eu sou pré-candidato, mas a oposição já está agindo de forma a me atingir antes mesmo da campanha começar”, afirmou.

No dia 18 de dezembro, o TSE aprovou em resolução a previsão de que “a livre manifestação do pensamento do eleitor identificado ou identificável na internet somente é passível de limitação quando ocorrer ofensa à honra de terceiros ou divulgação de fatos sabidamente inverídicos”.

Mecias lamentou que tais notícias fictícias, fabricadas intencionalmente, disseminadas na internet, principalmente em redes sociais e aplicativos de mensagens, sejam hoje a ferramenta utilizada por alguns políticos na tentativa de lhe prejudicar no processo eleitoral em Roraima.

E citou na denúncia alguns números de telefones utilizados com frequência em redes sociais para disseminar notícias fictícias sobre ele. “Temos uma resolução sobre isso e vamos buscar junto às autoridades competentes, a Justiça Eleitoral, para que haja eleições limpas, e o eleitor conheça ideias e ideais. Não podemos aceitar este tipo de distorção sobre a liberdade de informação”, finalizou.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!