FUTSAL
FRFS reúne clubes em Congresso Técnico para definir calendário de eventos 2018
O calendário tentativo de competições para este ano tem 40 competições locais e muitas novidades. Porém, a definição do que será disputado em 2018 será discutido durante o Congresso Técnico
Por Ribamar Rocha
Em 17/01/2018 às 00:09
Osmar de Matos, presidente da Federação Roraimense de Futsal (Foto: João Barros)

No final de dezembro do ano passado o Departamento Técnico da Federação Roraimense de Futsal (FRFS) divulgou o calendário tentativo de competições para este ano com 40 competições locais e muitas novidades. Porém, a definição do que será disputado em 2018 será discutido durante o Congresso Técnico que reúne todos os presidentes e diretores de clubes filiados a FRF. O encontro está marcado para iniciar às 16h30 na Univir (Universidade Virtual de Roraima).

“Lançamos o calendário tentativo, das competições que pretendemos fazer este ano, mas essa definição não depende da Federação, mas dos clubes envolvidos e as datas de início das competições serão definidas durante o Congresso Técnico que vamos realizar nesta quarta-feira”, disse o presidente da FRFS, Osmar de Matos.

O presidente está otimista na presença maciça no Congresso dos presidentes de clubes filiados. Isto embasado no novo Regulamento Geral de Competições da FRFS, que impõe a todos os presidentes de clubes que queiram disputar competições este ano, que compareçam ao Congresso Técnico.

“Essa novidade foi aprovada durante o Congresso do ano passado que decidiu que só podem participar das competições deste ano os clubes que estiverem presentes no Congresso e por essa razão esperamos que o encontro desta quarta-feira seja bastante concorrido”, disse.

“Assim como em todos os anos, a FRFS formata o calendário com a intenção de realizar todas as competições, abre o período de inscrições e aguarda a intenção dos clubes de participar, se der o número suficiente previsto no Regulamento Geral das Competições, realizamos o evento. Mas os clubes é que define se haverá ou não a competição proposta pela Federação, se tem interesse de participar e assume o compromisso de competir. E isso será definido durante o Congresso Técnico”, afirmou.

Entusiasta como é, Osmar acredita que este ano a FRFS vai superar o número de competições realizadas no ano passado.

“Realizamos 16 competições em 2017 e a intenção é superar esse número este ano e a meta é tentar bater as 26 competições que já conseguimos realizar numa temporada”, disse.

Osmar mostrou estar otimista com a continuidade do crescimento do salonismo em Roraima este ano, depois de ter um péssimo ano de 2016 para a modalidade e 2017 de recuperação. “As perspectivas são as melhores para este ano, tendo em vista que tivemos os anos de 2016 e já um pouco 2017 complicado, inclusive com conquistas de vaga na Divisão Especial da categoria Adulto do futsal brasileiro, feito merecido do Constelação, e a vaga na Divisão Especial da categoria Sub 20, feito conquistado pelo Vivaz, neste aspecto o ano foi muito bom, já que conseguimos levar Roraima as duas principais categorias do futsal brasileiro”, afirmou. Temos ainda a inscrição do Santa Cruz do Limão, do Município de Pacaraima, e a volta do Normandia Esporte Clube (NEC), que esteve fora das competições da FRFS a 20 anos”, afirmou.

INÍCIO – As competições oficiais da FRFS em 2018 começam no dia 6 fevereiro com a realização da II Supertaça da categoria Adulto Masculino com o confronto entre as equipes do Constelação/Estácio x Vivaz, em jogo marcado para o Ginásio Hélio Campos.

Entre as novidades apresentadas para este ano, e que serão analisadas durante o Congresso, está a tentativa de realização da I Maratona de Futsal da categoria Adulto Masculino que está marcada para os meses de maio e junho em Boa Vista; I Campeonato Roraimense da categoria Sub-7 Masculino que está previsto para os meses de maio e junho com jogos em Boa Vista e nas cidades sede dos participantes; I Circuito Estadual de Futsal das categorias Sub-20 Masculino e Feminino e da categoria Adulto Masculino e Feminino além do I Campeonato Roraimense da categoria Sub-10 Feminino.

Em relação às competições que pretende realizar pela primeira vez, Osmar informou que a I Maratona de Futsal da categoria Adulto Masculino que também depende da participação dos clubes. “Como o nome já diz, é uma maratona, uma sequência de jogos com maior número de equipes e horas jogadas possível, mas precisamos no mínimo de 36 clubes inscritos. Já constamos no calendário em outros anos e não reunimos condições para fazer pela falta de equipes suficientes, mas estamos novamente propondo e a esperança de ver essa competição se renova”, frisou.

A ideia é reunir mais de 36 times e iniciar a competição numa sexta-feira à noite e de forma ininterrupta realizar as finais no domingo.

“A intenção é realizar essa competição com a maior hora de futsal contínua. Termina um jogo começa outro e vai pela madrugada e amanhece o dia e os jogos continuam até a final”, afirmou.

Sobre o I Campeonato Roraimense da categoria Sub-7 Masculino, Osmar classificou com a caçula da FRFS. “A Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) abriu essa categoria e a FRFS não poderia deixar de prestigiar essa garotada que está iniciando no futsal e vamos realizar a competição estadual que garante vaga para o campeão representar o Estado no nacional”, afirmou.

Já o Circuito Estadual de Futsal da categoria Sub-20, Masculino e Feminino, o presidente da FRFS explicou que a ideia é levar o a competição para os municípios do interior do Estado.

“São torneios curtos, realizados durante um dia ou um final de semana. Já realizamos torneios assim em Boa Vista com as categorias, Sub-13, Sub-15 e Sub-17 e a intenção é levar essa competição para os municípios do interior e fortalecer o futsal, mas para isso precisamos fechar parcerias com as prefeituras que possam custear as despesas da competição”, finalizou.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!