TEATRO MUNICIPAL
Ex-prefeito diz que emendas de Veronese e Ângela Portela foram fundamentais à obra
Gostei (15) Não gostei (18)
A construção do teatro iniciada em 2010 enfrentou dificuldades com o travamento de recursos e somente após sete anos foi entregue à população na semana passada
Por Folha Web
Em 18/12/2017 às 02:27
O ex-prefeito Iradilson Sampaio: quando saiu da prefeitura 70% da obra estavam executados (Foto: Diane Sampaio)

Após sete anos em obras, o Teatro Municipal de Boa Vista foi inaugurado no último dia 15. Idealizado e prometido à população em 2008, durante campanha eleitoral, pelo então candidato à reeleição ao executivo municipal, Iradilson Sampaio, o prédio começou a ser construído em 2010. Em entrevista à Folha, o ex-prefeito afirmou que o projeto só saiu do papel por causa das emendas da deputada federal Maria Helena Veronese (PSB) e da senadora Ângela Portela (PDT). 

Juntas, Maria Helena e Ângela destinaram R$ 32 milhões para a construção do Teatro Municipal de Boa Vista. A obra deveria ter sido entregue durante o mandato de Iradilson Sampaio, que se encerrou em 2012. Ele afirmou que não cumpriu o cronograma devido ao travamento dos recursos que vinham de Brasília.

“O repasse de verbas era fundamental. O município não tinha condições de arcar com os custos com recursos próprios. Se toda a verba destinada tivesse sido liberada. Este teatro já estaria a serviço da população há muito tempo”, comentou.

Apesar da falta de verbas, em dois anos Sampaio conseguiu erguer 70% da obra. “Entreguei o teatro com as obras avançadas, podendo ser finalizado em pouco tempo, porém levou mais cinco anos para que ele fosse concluído, além de reajustes que fizeram a obra custar no total R$ 57,7 milhões, um valor bem acima do projeto original”, observou.

Sampaio lembrou que problemas com travamento de repasses federais durante a gestão dele não ocorreram apenas na construção do Teatro. “Tive muita dificuldade de executar os projetos que havia prometido devido a esse problema. Mesmo assim, ainda fizemos muito por Boa Vista. Na área da educação construímos muitas escolas, na parte de habitação realizei um dos maiores programas habitacionais com a construção de mais de mil casas em terrenos amplos. Apesar das dificuldades, tivemos avanços”, disse.

Mesmo não tendo concluído o Teatro Municipal de Boa Vista, Sampaio afirmou que tem a sensação de dever cumprido. “É muito gratificante ver que um projeto idealizado durante a minha gestão está aí a serviço da população e que vai ajudar a fortalecer ainda mais a cenário cultural não só de Boa Vista, mas de todo o Estado”, declarou.

Eliel Ferreira disse: Em 18/12/2017 às 11:44:51

"O pivor do caos do nosso Estado sempre foi o travamento dos recursos feito pelo Jucá. Muitos não reconhecem isso, por isso o caos de Roraima. Eles só fazem o que eles querem, o povo que se arrebente. Esperamos que em 2018 isso mude. Também não adianta colocar alguém indicado por ele, será a mesma coisa."

Mohammed Pataxó disse: Em 18/12/2017 às 08:56:19

"Esse homem junto com sua vice deixou o município de Boa Vista em estado de calamidade. "

Holanda disse: Em 18/12/2017 às 07:58:54

"Pior prefeito... Pior gestão... Pior equipe. "

carlos alberto da silva oliveira disse: Em 18/12/2017 às 07:50:05

"É uma vergonha o que a prefeita fez e faz. O teatro não é dela, é do povo de Roraima. Quem trouxe verba não trouxe pra prefeita, trouxe para os munícipes, para o povo..... É assim o coração desta senhora, é assim que ela trata a coisa pública, é assim que ela vem tratando e vai tratar a todos. Cabe a nós, levá-lo lá ao ostracismo político junto com o seu amado JUCÁ"

Mohammed Pataxó disse: Em 18/12/2017 às 11:51:33

"Pior do que ela então só a governadora do Estado de Roraima."

Mohammed Pataxó disse: Em 19/12/2017 às 07:33:03

"Se a gestão da prefeita é ruim, imagina a da governadora e a do ex-prefeito."