COPA BRASÍLIA DE KART ENDUR
Equipes de Rafael Lucena estreiam mal
Piloto roraimense competiu por duas equipes diferentes, cujos karts estrearam na competição entre os últimos colocados
Por Lucas Luckezie
Em 07/03/2016 às 00:14
Karts das equipes do piloto roraimense tiveram problemas durante a prova (Foto: Arquivo pessoal)

O piloto roraimense Rafael Lucena iniciou na temporada 2016, na Copa Brasília de Kart Endurance (longa duração), no último sábado, disputando pela equipe VRV Woltec, com o kart 18, e pela Airborne, no kart 94. Entre os 22 karts inscritos, os veículos terminaram nas 16ª. e 17ª. colocações, respectivamente.

O regulamento da competição permite participar por duas equipes. Uma série de problemas determinou a ruim atuação dos times, entre eles, o motor do kart 18. Na Copa Brasília, os motores, fornecidos por uma empresa do ramo, são sorteados aos veículos.

“Apesar da empresa estar presente e os motores serem equalizados, nem todos motores são iguais. No kart 18, no sorteio, acabamos pegando um motor que não estava bom. Fizemos o warm up (aquecimento) e vimos que seria complicado conseguir um bom resultado. Já o kart 94 parecia ser competitivo”, explicou Lucena.

Na corrida de classificação, o piloto roraimense correu pelo kart 94, e fechou em 18º lugar, enquanto o kart 18, pilotado por Victor Hugo, terminou em 17º. “No 18, já não esperávamos muito, e no 94, a equipe errou no meu lastro, acabei andando com quilos a mais e, numa classificação, isso significa cerca 0.2seg que era o suficiente para largar entre os 10 primeiros”, disse o piloto.

Na largada da prova oficial, que teve duração de 2h10min, Rafael Lucena largou pelo kart 94, e Victor Hugo, no 18. No primeiro, o roraimense correu durante 40 minutos e entregou o kart, que ocupava a quinta posição, ao piloto Saulo Araújo.

Durante a transição de comando, o lacre de combustível do veículo se rompeu, e a equipe foi punida, com passagem pelos boxes. A punição fez o kart cair para o penúltimo lugar. No fim, fechou em 17º. “Não teve muito o que fazer por conta da punição”, disse o roraimense.

Lucena retornou às pistas depois de uma hora de prova, desta vez no kart 18, até então comandado por Victor. O roraimense correu por 45 minutos, e devolveu o veículo a Victor Hugo. A uma volta do fim da corrida, quando o kart estava em oitavo lugar, a corrente do veículo começou a cair, e ele fechou em 16º lugar.

“O nosso mecânico viu que houve excessos de pancada nas zebras (área auxiliar ao redor da pista) que foram comendo a corrente, e deu no que deu. Para a próxima prova, já vamos reforçar um bom protetor de corrente e evitar isso”, disse Rafael Lucena.

A segunda etapa da Copa Brasília será no dia 15 de abril. Mas antes, o piloto roraimense disputa a primeira etapa da Copa VB Fiamoncini, no dia 19 de março, em Brasília. Nesta competição, em 2015, Lucena fechou em quinto lugar na classificação final.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!