ACIDENTE DE TRÂNSITO
Enfermeiro morre após colidir motocicleta em poste
Gostei (1) Não gostei (7)
Motivo do acidente não foi identificado pelos policiais militares que atenderam a ocorrência
Por João Barros
Em 22/11/2017 às 00:45
No poste, ficou a marca do pneu e no chão ficou uma mancha de sangue que populares cobriram com areia (Foto: Nilzete Franco)

Na madrugada de ontem, dia 21, o enfermeiro Danyel de Souza Silva, de 32 anos, morreu após colidir a motocicleta que pilotava em um poste de concreto que fica às margens da Rua Reinaldo Neves, bairro Jardim Floresta, zona Oeste de Boa Vista. Ele foi socorrido, mas morreu ainda no local devido à gravidade dos ferimentos. No poste, ficou a marca do pneu e, no chão, o sangue da vítima que já tinha sido coberto de areia por populares.

De acordo com as informações da Polícia Militar, quando a viatura chegou ao local, a vítima já estava praticamente morta, com alguns populares ao redor tentando prestar auxílio. O socorro foi acionado, mas assim que chegou Danyel já estava morto. Apesar de estar usando o capacete, o homem sofreu traumatismo craniano encefálico, segundo o Instituto de Medicina Legal (IML).

A Polícia não confirmou que Danyel estaria alcoolizado nem mesmo a razão pela qual colidiu no poste. Um dos policiais disse que não daria certeza, mas acredita em duas hipóteses: a primeira é que a vítima teria bebido e em seguida assumiu a direção da motocicleta e outra possibilidade é que ele tenha sofrido o acidente por uma distração.

Quando questionado se a vítima não teria sido atropelada ou que outro veículo tenha fechado a motocicleta, os PMs comentaram que somente a Delegacia de Acidentes de Trânsito (DAT) poderia confirmar a informação, tendo em vista que os relatórios da perícia criminal e de identificação serão encaminhados para a especializada.

Danyel conduzia uma motocicleta Honda/CG titan, 125 cilindradas, cor azul, que ficou com a parte dianteira totalmente destruída. Assim que a morte foi constatada, uma equipe do IML fez a remoção do corpo. Na manhã de ontem, a família fez a liberação do cadáver para funeral e sepultamento. (J.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!