APOIO A IMIGRANTES
Embaixador canadense inaugura centro em Roraima
Gostei (1) Não gostei (4)
Evento será realizado dias antes de ministros de Temer visitarem a Capital do Estado
Por Folha Web
Em 03/02/2018 às 15:00
Venezuelanos em Roraima (Foto: Danilo Verpa)

A situação dos imigrantes venezuelanos tem chamado a atenção da comunidade internacional.

Na segunda feira (5), o embaixador do Canadá, Riccardo Savone, vem a Boa Vista inaugurar dois centros de apoio aos egressos do país vizinho. Os centros foram construídos com doações internacionais.

A visita ocorre antes da chegada dos ministros do governo Temer, que embarcam para Boa Vista na quinta-feira (8) para discutir o censo e a contagem dos imigrantes que estão no estado.

Segundo a Fundação Panamericana para o Desenvolvimento (PADF), mais de 30 mil venezuelanos já cruzaram a fronteira para Roraima. 

#Revista Época

Rildo Lopes disse: Em 04/02/2018 às 17:19:43

"O que ainda me intriga é pq ninguém vai na Venezuela.... Resolver o problema lá!"

Manuel disse: Em 04/02/2018 às 11:45:07

"Poderia levar os imigrantes para o canada este filhinho de mamãe."

Adailton Silva Oliveira disse: Em 04/02/2018 às 11:29:37

"O cara vem do Canadá resolver um problema, essa situacao é bem maior que abrigo e comida, o que se deve discutir em nível internacional é o governo venezuelano."

José Carlos disse: Em 04/02/2018 às 07:31:41

"O Canadá é um pais com as maiores restrições do mundo quanto ao ingresso de imigrantes e, esse cara vem inaugurar centro de apoio no Brasil!!!!! É zombar da nossa cara! O pior que ainda é recebido por ministros... Vergonha! Meu patriotismo não aceita tamanha hipocrisia!"

Castro disse: Em 03/02/2018 às 19:48:54

"Pensei que esse embaixador canadense iria levar os cem 100000 venezuelanos pró Canadá kkkkkkkkkkk até quando essas pessoas vão relutar que não tem como alocar um país em um estado falido sem perspectiva de crescimento a não ser transformar Roraima num caos mundial dá criminalidade"

Damiao disse: Em 03/02/2018 às 15:55:50

"Quero que venha alguém nem q seja de Marte inagura a ligação da enérgia da nossa cidade vagalume. Acho q quando a capital tiver mais venezuelanos do que Brasileiro eles ligam."