BR-174 SUL
Dois morrem em acidente e dois ficam feridos, incluindo um bebê
Gostei (0) Não gostei (0)
Quinto ocupante do veículo teve ferimentos leves, mas não soube explicar como o acidente aconteceu
Por João Barros
Em 24/02/2018 às 00:49
O veículo estava distante cerca de 100 metros da rodovia (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

A noite da última quinta-feira, dia 22, encerrou-se de forma trágica para uma família que seguia pela BR-174, saindo de Manaus com destino a Boa Vista. Na metade do caminho, o veículo modelo Chevrolet/Prisma, cor cinza, capotou cerca de 20 quilômetros depois de Rorainópolis, município na região sul do Estado. O fato ocorreu por volta das 22h. Duas mulheres morreram, enquanto um homem de 29 anos e um bebê de um ano foram socorridos às pressas e estão internados.

Cinco pessoas estavam no automóvel. As vítimas foram identificadas como Stephane Graff Lucena de Souza, 29 anos, e Danyella Leão da Encarnação, de 32 anos. Stephane não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do acidente, antes da chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Resgate do Corpo de Bombeiros. Já Danyella chegou a ser socorrida e ficou internada em estado grave no Hospital Regional Sul Ottomar de Sousa Pinto, na sede de Rorainópolis, até as 11h de ontem, dia 23, quando sofreu uma parada cardiorrespiratória e acabou morrendo.

O bebê de um ano foi removido à Capital e está internado no Hospital da Criança Santo Antônio (HCSA) com traumatismo craniano e seu estado de saúde é considerado grave, respirando com a ajuda de aparelhos. Um homem de 29 anos, que também estava entre os passageiros do veículo, está internado no Hospital Geral de Roraima e seu estado clínico também é grave. O quinto ocupante do veículo tem alguns ferimentos leves pelo corpo, mas segundo a Polícia Militar de Rorainópolis, não soube explicar as causas do acidente.

No entanto, os policiais acreditam na possibilidade de o condutor do veículo ter perdido o controle da direção. O carro foi encontrado por quem passava pelo local, cerca de 100 metros da pista, a poucos quilômetros da ponte do Rio Anauá.

Os corpos das duas vítimas foram levados ao Instituto de Medicina Legal (IML) pelo rabecão para que o exame cadavérico fosse realizado. Na manhã de ontem, o procedimento de necropsia foi concluído pelo médico legista no corpo de Stephane, mas não foi liberado porque o IML aguarda os familiares que moram em Manaus. O corpo de Danyella só chegou a Boa Vista no fim da tarde de ontem e o exame cadavérico será realizado hoje, dia 24. As mortes foram causadas, segundo o IML, devido ao politraumatismo sofrido pelas vítimas. A Polícia Civil de Rorainópolis deve ficar responsável pelas investigações a respeito do acidente. (J.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!