ALIMENTAÇÃO IMUNOBIOLÓGICA
Dieta age em pontos específicos do sistema imunológico
Venezuelana abre espaço dedicado a comida natural e saudável
Por Raisa Carvalho
Em 22/03/2017 às 00:18
Virna abriu um espaço dedicado ao que ela chama de alimentação imunobiológica. (Fotos: Antonio Bomba)

Você sofre de resfriados e gripes com mais frequência do que gostaria? Existe uma maneira de evitá-los sem recorrer a remédios ou vitaminas extras. Para a nutricionista Virna Osório, uma mudança na alimentação pode ser suficiente para acabar com os resfriados recorrentes. “Alguns alimentos fortalecem a defesa do organismo para combater doenças e vencer a batalha contra bactérias e vírus”, garante.

Virna abriu um espaço dedicado ao que ela chama de alimentação imunobiológica. Venezuelana, após a crise no país, ela decidiu criar um espaço com alimentação natural em Boa Vista, na sua própria sala.

O restaurante oferece almoço diferenciado de segunda à sexta, onde recebe os amigos que, além de comer, acompanham a produção dos pratos e podem ter acesso a uma espécie de palestra sobre os alimentos.
“Uma dieta equilibrada que inclua legumes, frutas e outros produtos naturais é a melhor maneira de fornecer ao sistema imunológico vitaminas e minerais que vão fortalecê-lo”, explica.

Nas receitas, cada ingrediente possui o seu papel. “O alho, por exemplo, tem propriedades que permitem combater a infecção, as bactérias, vírus e fungos. Quantidades moderadas de cereais para complementar o nível de deficiência de vitamina B6 restaura o funcionamento do sistema imunológico. Grãos também têm selênio, que também beneficia o sistema imunológico, diminui as doenças infecciosas em idosos e ajuda na recuperação de crianças com infecções do trato respiratório", relata.

Para acompanhar a alimentação, sucos extraídos de frutas e legumes. De acordo com Virna, A vitamina C é importante para a formação da proteína usada na pele, tendões, ligamentos e vasos sanguíneos. “Os resfriados de pessoas que consomem regularmente a vitamina C, presente em frutas cítricas, podem durar menos tempo e os seus sintomas nesses casos são geralmente menos graves”, explica.

Para ela, mudar o conceito que se tem sobre alimentação é complexo. Depende de uma nova cultura nutricional.

Virna relata que começa a preparar os alimentos ainda pela manhã. A maior preocupação é escolher frutas e legumes sem agrotóxicos, feitas de pequenos produtores. Outra dica é ter sua própria horta em casa.

Mais dicas

Além de colocar frutas e verduras no cardápio, é preciso evitar o consumo de alimentos ricos em gordura, pois prejudicam a absorção de nutrientes, e o excesso de sal, que pode provocar uma desidratação do organismo e prejudicar a produção de anticorpos.

Alimentação Imunobiológica

Para provar e entender mais da comida imunobiológica, o espaço está localizado na Rua Bento Brasil, 264, centro. Cada refeição custa R$ 15,00 e tem direito ao suco.

Venezuelana abre espaço dedicado a comida natural e saudável
Venezuelana, após a crise no país, ela decidiu criar um espaço com alimentação natural em Boa Vista.
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!