SUPOSTO LATROCÍNIO
Corpo de homem desaparecido é encontrado às margens de igarapé
O servidor público Jairon de Souza Sales estava desaparecido desde a noite de quarta-feira, quando disse que iria buscar amigas no Conjunto Cidadão
Por João Barros
Em 11/08/2018 às 00:50
O corpo de Jairon de Souza Sales estava numa região deserta que liga os bairros São Bento e Centenário (Foto:Wenderson de Jesus)

O corpo do servidor público Jairon de Souza Sales, de 50 anos, foi encontrado em uma área deserta na rua Santa Inês, entre os bairros São Bento e Centenário, zona Oeste da Capital, no começo da tarde de ontem, dia 10. O cadáver estava às margens de um igarapé com sinais de violência. A suspeita é que ele tenha sido vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte).

De acordo com as informações do irmão de Jairon, ele desapareceu por volta das 23h da quarta-feira, dia 8, e estava conduzindo um veículo modelo Suzuki/GranVitara, cor preta, placa NAV-1983 que não tinha sido localizado até o fim da tarde de ontem.“Ele estava em um bar no bairro São Francisco e disse que iria buscar umas amigas no Conjunto Cidadão [no bairro Laura Moreira] e desde então não o vimos mais”, contou o irmão.

O corpo já em estado de decomposição foi localizado próximo à tubulação de esgoto que escorre para dentro do igarapé. Para ajudar na retirada do cadáver da área de difícil acesso, militares do Corpo de Bombeiros foram chamados. Equipes da Polícia Civil, incluindo investigadores da Delegacia-Geral de Homicídios (DGH), estiveram no local. O rabecão do Instituto de Medicina Legal (IML) fez a remoção do corpo para ser submetido a exame cadavérico.

Ainda nessa sexta-feira, a família fez a liberação do cadáver para realização de funeral e sepultamento. O caso está sendo investigado pela DGH. (J.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!