FUTSAL
Constelação conquista o título do Roraimense de Futsal da categoria Sub 10
Por Ribamar Rocha
Em 07/12/2017 às 00:05
Estelares mostraram raça para virar a vantagem e ser campeão (Foto: Divulgação)

O Constelação/Estácio venceu o Caxiense por 5 a 2 no segundo jogo da final do XIII Campeonato Roraimense de Futsal da categoria Sub 10 Masculino, realizado na noite de terça-feira no Ginásio Hélio Campos. O resultado deu o título de campeão do certame promovido pela Federação Roraimense de Futsal (FRFS).

Apesar de ter entrado em desvantagem na decisão, já que o Caxiense encerrou a fase classificatória em primeiro lugar e levou um ponto de bonificação para a final, o Time das Estrelas surpreendeu o Caxiense e aplicou uma goleada de 9 a 1 no primeiro jogo da decisão.

Os Estelares precisavam vencer para levantar o caneco e foi o que aconteceu, com gols de Thiago (2), João Gabriel, Luis Ribeiro e Gugu. Coube a Gustavo e Felipe descontarem para o Caxiense.

O Constelação jogou e venceu com Mateus, Gugu, Iago, Ricardinho e Thiago, além de Fernando, João Gabriel, Luis Ribeiro e Paulo Davi. Técnica: Juli Cristina Dorigon.

Já o Caxiense formou com Matheus Sousa, Felipe, Gabriel Oliveira, Gustavo e Ronald, além de Gabriel Souza, Guilherme, Ícaro, Lucas Dionizio, Mateus Amorim, Rikelmi e Paulo Ycaro. Técnico: Clidenor França.

DADOS – De acordo com dados estatísticos divulgados pelo Departamento Técnico da FRFS foram marcados 141 gols em 19 jogos o que dá uma média de 7,42 gols por partida.

A maior goleada foi do Constelação/Estácio: 14 x 2 Independente/Faceten. O maior número de gols numa partida pelo mesmo atleta, coube a Gugu do Constelação, com 5 gols. Isso ajudou Gugu a ser o artilheiro do certame com 17 gols.

O melhor goleiro também é do time campeão: Mateus. É também do Constelação o ataque mais positivo com 50 gols marcados (média 6,25). O atleta revelação foi eleito Paulo Davi, do Constelação.

Já a defesa menos vazada foi do Tiradentes/Escolinha Fla com 17 gols sofridos (média 2,83). A defesa mais vazada foi do Caxiense com 29 gols (média 3,62) e ataque menos eficiente foi do Independente com apenas 13 gols (média 2,60).

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!