ALIMENTAÇÃO INFANTIL
Confira dicas de lanches saudáveis para as crianças
Gostei (0) Não gostei (0)
Veja como fazer petiscos saborosos e ao mesmo tempo saudáveis e diferentes para os pequenos
Por Raisa Carvalho
Em 04/03/2017 às 01:39

Com a chegada das férias, uma dica para diversão das crianças é reunir os amigos da escola em casa para pequenas festinhas. O perigo é transformar essas atividades em uma oportunidade para os lanches calóricos que fazem mal a saúde dos pequenos. Nada de pipoca, salgadinho e refrigerante, existem formas de chamar a atenção das crianças para as pequenas refeições saudáveis que servem para dar energia à criança entre as duas refeições principais. 

Essa energia tem como principal objetivo contribuir para um adequado crescimento e desenvolvimento da criança. Por isso é necessário, conferir o cardápio dos pequenos. O ideal é que a criança faça de dois a três lanches por dia que devem ter cerca de 300 calorias. Devem ser compostos por carboidrato para que forneça energia, gordura para formação do sistema nervoso e proteína para a construção estrutural de músculos e líquido para hidratar.

De acordo com a nutricionista Ana Paula Lima, um lanche saudável não deve conter energia imediata e ser muito calórico, contendo excesso de açúcar e gorduras. Os pais devem buscar uma fonte de alimentos integrais, proteínas de boa qualidade e muitas vitaminas, minerais e fibras que contribuem igualmente para a produção de energia e ajudam na prevenção de doenças e deficiências nutricionais.

“Os melhores ingredientes para fazer lanchinho das crianças são os produtos naturais, frescos e feitos em casa, como por exemplo: frutas, suco natural, pão, bolo e bolachas integrais feitos em casa.” explicou.
Alguns produtos industrializados podem ser opções. Atualmente existe no mercado biscoitos mais saudáveis ricos em fibras e sem aditivos. A dica ao escolher o alimento é não deixar de ler os rótulos e conhecer as marcas.

Para beber, o suco é a melhor opção. Se não for possível preparar um suco natural ou água de coco, pode-se optar pelo industrializado sem corantes, açúcar e conservantes.
“Muitos pais não tem o hábito de consumir legumes e hortaliças no horário do lanche, mas eles são super bem vindos e ajudam as crianças a ter bons hábitos alimentares e a garantir o aporte necessário de nutrientes” explicou.

A dificuldade para alguns pais será que a própria criança aceite mudar o cardápio já que o lanche geralmente é visto pelas crianças e adultos como um momento de diversão e a introdução de alimentos de mais difícil aceitação, assim, serão importante para quebrar este "preconceito" e aprimorar a saúde da criança.

“Alguns lanches muito calóricos podem ser transformados em lanches nutritivos como, por exemplo, a pipoca de microondas com sabor de manteiga, pode ser substituída por pipoca caseira feita na panela com óleo vegetal e sal. Outra ideia é modificar o tradicional misto quente em um sanduíche de pão de forma integral, azeite, queijo minas e peito de peru. Já a pizza pode ser transformada em torradas de pão integral assadas com queijo de minas, rodela de tomate, molho de tomate, orégano e azeite” explicou a nutricionista.

Confira dicas:
Frutas variadas espetadas em palitos de madeira como morango, melancia, melão, uvas e abacaxi.
Picolé de fruta caseiro: Sucos de fruta natural colocado em forminhas com palito de picolé levado ao freezer.

Salada de frutas
Uvas soltas (uvas brancas e vermelhas).

Iogurte natural com frutas frescas e secas picadas.

Iogurte natural misturado com geléia de fruta adoçado com suco de fruta e farinha de linhaça.

Shake de frutas com leite vegetal ou iogurte natural e mel. Bata com cubos de gelo para ficar geladinho.

Legumes laminados como cenoura, aipo, pepino e tomate laminado e acompanhado de molho feito com iogurte natural ou cottage ou pasta de grão de bico. As crianças vão adorar mergulhar os palitinhos no molho. Essa é uma ideia crocante e que desperta a curiosidade.

COCADA
PIPOCA
FRUTAS
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!