ALE-RR
Comissão pede que IPER envie relatório trimestral sobre investimentos aplicados
Gostei (0) Não gostei (0)
Por Folha Web
Em 03/03/2018 às 00:48
Deputado Soledade Sampaio é presidente da Comissão de Administração, Serviços Públicos e Previdência da Assembleia Legislativa do Estado de Roraima (Alerr) (Fotos: Aldirene Souza/SupCom-ALE)

Fiscalizar e dar maior transparência às ações do Instituto de Previdência do Estado de Roraima (Iper) é o que pretende o deputado Soldado Sampaio (PCdoB), que é presidente da Comissão de Administração, Serviços Públicos e Previdência da Assembleia Legislativa do Estado de Roraima (Alerr), ao requerer que o diretor-presidente da instituição previdenciária preste conta a cada trimestre das atividades do Iper.

“É dever do Poder Legislativo acompanhar e fiscalizar todos os rendimentos e aplicações que são feitos pelo Iper. Como presidente da Comissão tenho que estar acompanhando de perto a sua real situação, saber como é que se dá o recolhimento, a diversificação de investimento dos recursos que aplicados. Por isso, enquanto presidente da Comissão, estou requerendo essa informação, para que a cada três meses o Iper encaminhe um relatório contendo todas as informações para dar maior transparência”, explicou o parlamentar.

Soldado Sampaio ressaltou que tem realizado atividades de acompanhamento da situação do órgão. “Fizemos uma audiência pública no final de dezembro de 2017, quando o presidente veio aqui e explanou sobre todas as aplicações que foram feitas com os recursos do Iper”, recordou.

A audiência pública contou com a participação de vários sindicatos que representam os servidores do Estado. “Ao invés de fazer a cada trimestre uma audiência, nós vamos requerer essas informações e compartilhar com os deputados e demais entidades sindicais. Isso é uma forma de prevenir. Sabemos que o Iper está sendo bem cuidado hoje, até pelas regras e normas que aprovamos nessa Casa”, reforçou Soldado Sampaio.

Quando fala de regras, Sampaio se refere ao Conselho Estadual Previdenciário que foi criado com a participação dos servidores efetivos. “Criamos várias regras para dar a maior garantia possível aos investimentos. Confiamos no gestor do Iper, mas nada impede de exercermos o nosso dever de fiscalizar e acompanhar. Por isso estamos requerendo que o Iper encaminhe trimestralmente um relatório minucioso de todos os recursos aplicados”, frisou.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!