CHACINA NA PAMC
Comissão nacional realiza dois dias de visita ao sistema carcerário de RR
Finalidade da Comissão do Conselho Nacional do Ministério Público é verificar medidas adotadas pelo MPRR após chacina na Pamc
Por Folha Web
Em 29/11/2017 às 00:35
Além de ir ao presídio, autoridades terão conversas com os representantes do Estado (Foto: Arquivo/Folha)

A Comissão do Sistema Prisional, Controle Externo da Atividade Policial e Segurança Pública (CSP) do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) realiza hoje e amanhã, dias 29 e 30, visita institucional ao sistema carcerário do Estado de Roraima. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 28, pelo conselheiro e presidente da CSP/CNMP, Dermeval Farias, durante a 22ª Sessão Ordinária de 2017 do Conselho realizada em Brasília.

A visita tem por objetivo acompanhar in loco as medidas judiciais e extrajudiciais adotadas pelo Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR) em relação à crise deflagrada em janeiro de 2017, na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc), na zona rural de Boa Vista, quando houve uma chacina durante briga de facções no presídio.

Além de visitarem a Pamc, os representantes da CSP/CNMP se reunirão com a procuradora-geral de justiça roraimense, Elba Amarante, e com a corregedora-geral do MPRR, Cleonice Andrigo Vieira. Haverá reunião com os membros do Grupo de Atuação e Combate à Instabilidade no Sistema Carcerário do MPRR e com juízes de execução penal de Boa Vista.

Com o propósito de promover a interlocução política necessária ao saneamento de crises no sistema prisional, os representantes da comissão também têm na agenda encontros com a governadora Suely Campos (PP) e com o secretário estadual de Justiça e Cidadania, Ronan Marinho. A comissão estará representada pelos conselheiros Dermeval Farias, Fábio Bastos Stica, Silvio Amorim e Marcelo Weitzel, bem como pela membro colaboradora Alvarina Nery e pela assessora-chefe da CSP/CNMP, Thays Rabelo.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!