SAÚDE
Casos de otite são mais comuns durante o verão
Gostei (0) Não gostei (0)
Por Ana Gabriela Gomes
Em 03/02/2018 às 01:41
Quando diagnosticada, a otite deve ser tratada com anti-inflamatório e antibiótico, receitado por médico otorrinolaringologista (Foto: Hione Nunes)

Você sabe o que é otite? Popularmente, ela é a conhecida inflamação do ouvido. De modo geral, as otites ocorrem em duas partes da orelha: o ouvido médio e a orelha externa, que por sua vez é formada pelo pavilhão, conduto e a membrana timpânica, áreas que têm contato com a água durante mergulhos. Por esse motivo, as otites externas são mais frequentes durante o verão, época dos banhos de mar, rio e piscinas. 

No inverno, a otite mais comum é a do ouvido médio, área que é responsável pela transmissão do som e que está relacionada com estados de rinofaringite e gripe. “Por isso que quando uma criança gripa e não é tratada de imediato, a ponto de formar catarro, ela costuma ter dor de ouvido, que no caso é a otite média, a mais grave das duas”, explicou a especialista em Otorrinolaringologia, médica Zara Botelho de Oliveira.

Outra forma de contrair a otite é pela inflamação da adenoide, um órgão linfático localizado na parte detrás do nariz. Com a inflamação, a região se torna particularmente vulnerável à infecção e à inflamação. Como a adenoide está perto da abertura da tuba auditiva, que liga a orelha média à faringe, uma inflamação ou aumento pode bloquear as tubas, contribuindo assim para a doença.

As otites são uma das maiores causas de consulta ao otorrinolaringologista durante a infância, tendo em vista os tamanhos menores da orelha e ouvido. Choro constante, agonia, mãos passando pela orelha e febre são sinais de otite média. Em alguns casos, é possível observar a saída de líquido, pus ou secreção sanguinolenta do ouvido.

Buscando evitar a otite em crianças, Zara orienta que a amamentação ocorra com o bebê na posição mais ereta possível. Para as demais idades, o cuidado com resfriados, gripes e rinite e a lavagem da mucosa com soro específico são medidas preventivas. Uma vez diagnosticada, o tratamento adequado da otite é composto por anti-inflamatório e antibiótico. Se houver gripe, é indicado o uso de congestionante.

SINTOMAS – Muitas vezes, os sintomas da otite começam de dois a sete dias após o início de uma infecção respiratória. Em geral, eles incluem: dor de ouvido (leve à grave), febre, líquido espesso e amarelado ou sanguinolento saindo do ouvido, perda de apetite, vômitos, dor de cabeça, comportamento mal-humorado e problemas para dormir. (A.G.G)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!