LITERATURA RORAIMENSE
Autor lança livro de poemas ‘Sem ficar esperando’
Gostei (2) Não gostei (0)
Por Raisa Carvalho
Em 23/12/2017 às 00:25
Este novo livro do poeta, é constituído de poemas inéditos que retratam o cotidiano do roraimense (Fotos Nilzete Franco)

O escritor Josimar de Souza realiza uma noite de autógrafos de sua obra “Sem ficar esperando’ neste sábado, 23, a partir das 18 horas no Roraima Garden Shopping. O livro possui mais de cem poemas que falam sobre seus sentimentos e a vontade de externá-los, eles foram escritos num período de mais de dez anos de sua vida.

O autor possui dois livros lançados, entre eles, ‘A verdade é uma virtude de poucos’ em formato de cordel e ‘No ar’. Segundo ele, o segundo livro causou mais notoriedade entre o público por causar uma certa polêmica. Já que na capa do livro, posou vestido de anjo. “A arte nos dá essa oportunidade, de causar reflexão. Eu tive a ousadia de fazer uma capa com uma foto minha usando asas, deu certo, chamou a atenção das pessoas”, disse.

Nascido em São Domingos no Maranhão, Josimar veio morar em Roraima aos seis anos. Desde criança se dedicava a escrita, chegou a vencer um concurso de poesia, onde foi premiado como o quinto melhor poeta do Brasil com a publicação Triunfo.

Este novo livro do poeta é constituído de poemas inéditos que retratam o cotidiano do roraimense. “Abordo o amor, sexo, liberdade, religião, acho que muitas pessoas irão se encontrar nesse livro”, disse.

O livro tem ilustrações do artista plástico Sidney Bkara, e foi publicado em Roraima. “Hoje temos essa facilidade, consegui publicar o livro contando com profissionais de Roraima em boa qualidade, o meu último livro foi lançado há dez anos, e já tive mais dificuldade”, relembrou.

Josimar de Sousa possui uma praça em sua homenagem no Município de Mucajaí. À frente da Associação dos artistas de Roraima (Assart) ele realiza sarau e eventos dedicados a literatura roraimense. “Em Roraima, são mais de oitenta escritores com livros lançados, são obras que precisamos valorizar”, ressaltou.

Sentimento – Por Josimar Sousa
Quando são bravuras sem preconceitos...
Vamos organizar um novo jeito
Como sempre, a vida é um jogo delicado
E surpreendente
Meu reino é meu corpo são
O céu aparece na minha frente
Linda e atraente
Quando você passa,
Meu coração bate descompassadamente
Não sei o que acontece
Somente o corpo sente
Não mente
Paixão é o nome da paisagem transparente,
É o nome da paisagem transparente,
É o destino, no meio da verdade,
Pensando no que está acontecendo
Uma moça bonita apareceu caminhando
E foi logo explicando tudo sobre o jardim e seus encantos,
A emoção teve uma leve participação
O amor continua sem explicação

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!