POLÍCIA
Ação conjunta das polícias brasileira e guianense resulta na prisão de foragido
Gostei (0) Não gostei (0)
Por João Barros
Em 07/02/2018 às 00:33
Além de ser recapturado, Carlos Augusto Teixeira foi preso devido a um mandado de prisão por roubo (Foto: Divulgação/Dicap)

Na tarde de segunda-feira, dia 5, um trabalho conjunto das polícias brasileira e guianense resultou na captura de Carlos Augusto da Silva Teixeira, conhecido vulgarmente como “Pezão”, de 31 anos. Ele estava foragido desde o dia 14 de maio de 2015, quando deixou de comparecer ao Centro de Progressão Penitenciária (CPP). O homem estava escondido na Guiana.

A ação foi desenvolvida pelas equipes da Divisão de Inteligência e Captura (Dicap) da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), do Departamento de Informação e Inteligência da Polícia Militar de Roraima (DII/PMRR) da Polícia Militar de Roraima, além do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e da Polícia Guianense.

Para escapar da polícia, “Pezão” buscou refúgio ilegal na Guiana. Após descobrir seu paradeiro no país vizinho, as equipes informaram à polícia guianense, que realizou abordagem ao fugitivo que não apresentou documentos e foi entregue no Brasil para as equipes da Dicap e DII.

Contra o foragido havia um mandado de prisão referente ao crime de roubo, conforme o artigo 157 do Código Penal Brasileiro (CPB). Depois da captura e cumprimento do mandado, Carlos Augusto foi conduzido à Boa Vista. Na sede da Dicap foram feitos todos os procedimentos para reinserção no sistema penitenciário. O indivíduo foi entregue novamente ao CPP para dar continuidade no cumprimento da pena.

DENÚNCIA – A Dicap pede o apoio da população para localizar foragidos da Justiça e do Sistema Penitenciário. As denúncias podem ser feitas por meio dos telefones 0800-2780130 ou 99139-9529 (WhatsApp). A identidade do denunciante será mantida em absoluto sigilo. (J.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!