VISITA DE MINISTROS
Jungmann diz que Exército vai mandar mais 100 homens para a fronteira. Ouça o áudio
O Ministro concedeu entrevista para a Folhaweb falando das ações do Governo Federal após a visita a Roraima
Por Cyneida Correia
Em 08/02/2018 às 15:09
O ministro da Defesa Raul Jungmann em visita à Roraima (Foto: Divulgação)

O ministro da Defesa Raul Jungmann disse em entrevista exclusiva para a Folhaweb que o Exército vai dobrar de 100 para 200 homens o contingente na fronteira de Roraima com a Venezuela para fortalecer a segurança por conta da crise de migração que Roraima enfrenta.

Além da segurança na fronteira na fronteira, com aumento do efetivo militar, da Polícia Federal e da Receita Federal, Jungmann declarou que outra medida do governo federal será a interiorização dos migrantes que vieram para cá e querem ir para outros estados.

“Vamos fazer um cerso para saber exatamente a dimensão do problema e como vamos, além dos reforços todos os órgãos do Governo Federal, trabalhar conjuntamente a questão da migração venezuelana para o Brasil”

O Ministro destacou que os venezuelanos estão passando fome por falta de emprego, de medicamentos e que a migração faz uma pressão forte sobre a infraestrutura sócia.

“Portanto, quando digo que nós aqui do governo federal temos que abraçar essa questão digo isso por ser uma questão que tem a ver com o Brasil e precisamos trazer soluções e dar a contribuição do governo federal para reduzir o problema” concluiu.

Ouça o Aúdio

Saúde Caburai disse: Em 08/02/2018 às 15:49:38

"EITA QUE O PELOTÃO EM PACARAIMA VAI FICAR PEQUENO KKK"