DOAÇÃO DE SANGUE
Hemocentro solicita mais doações de sangue para período chuvoso
Gostei (0) Não gostei (0)
Por Folha Web
Em 24/06/2017 às 00:41
A estudante Raysa Peres foi incentivada por familiares a doar sangue (Foto: Rodrigo Otávio)

O Hemocentro de Roraima (Hemoraima), localizado na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, ao lado do Hospital Geral de Roraima (HGR), bairro Aeroporto, reforça a coleta de sangue nesse período chuvoso para manter o estoque diário. A unidade funciona das 7h30 às 12h e das 13h30 às 18h, de segunda a sexta-feira.

De acordo com a Secretaria Estadual de Roraima (Sesau), o estoque diário necessário para atender a demanda atual no Estado é de 70 bolsas de sangue. No entanto, apesar de a unidade possuir 55 mil pessoas cadastradas como doadoras de sangue, o Hemoraima recebe apenas doações de 40 bolsas de sangue diariamente, número inferior ao considerado ideal.

Para cada cirurgia, são utilizadas de cinco a 20 bolsas de sangue, dependendo do caso. Segundo a Sesau, o aumento significativo na demanda atual pode estar relacionado a questões como período chuvoso, quando aumenta a demanda nos hospitais e, consequentemente, na necessidade de bolsas de sangue.

O engenheiro civil Marcelo Vieira doou sangue ontem pela segunda vez. Ele acha importante ser um doador e que isso deveria ser um ato cívico de cada pessoa em ajudar a quem precisa de sangue. “Estou doando novamente porque um amigo vai ser operado e estava precisando de sangue do tipo sanguíneo dele”, explicou.

A servidora pública Ana Claudia Caldas foi incentivada a doar sangue através de uma campanha no trabalho e acha importante ser uma doadora. Para ela, isso demonstra solidariedade com o próximo. “É a primeira vez que estou doando sangue. Pretendo me tornar uma doadora assídua. Não sei por que demorei tanto para doar sangue”, comentou.

A estudante Raysa Peres, de 22 anos, incentivada a ser doadora de sangue pelos familiares, lembra que quem precisa de sangue encontra dificuldades para receber doações. “Vejo alguns amigos que precisam de sangue mensalmente e a dificuldade que eles passam para conseguir sangue, principalmente do tipo sanguíneo deles. Mas não dói nada doar”, citou.

O Hemoraima é responsável pela coleta, armazenamento e distribuição do sangue, bem como pelo abastecimento de todas as agências transfusionais do Estado, tanto as públicas, quanto as privadas. E recebe doadores de todos os tipos de sangue. Para ser doador voluntário, a pessoa deve estar saudável, ter idade entre 16 e 69 anos e peso acima de 50 quilos. (G.M)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!