ALTA PERICULOSIDADE
Acusada de matar duas jovens no Anel Viário foge da Cadeia Feminina
Detenta conseguiu fugir por um buraco aberto no muro da unidade; agentes suspeitam de fuga premeditada
Por Folha Web
Em 01/02/2018 às 11:00
Buraco por onde Nelciane fugiu foi aberto no muro pelo lado de fora da unidade prisional (Foto: Nilzete Franco)

A detenta Nelciane Pereira de Andrade, de 25 anos, acusada de participar do assassinato de duas jovens no Anel Viário e de outro homicídio em Bonfim, a Leste do Estado, fugiu durante a madrugada desta quinta-feira, 1º, da Cadeia Pública Feminina, localizada no bairro Asa Branca, zona Oeste, onde estava presa desde o início do mês passado.

Informações recebidas pela reportagem da FolhaWeb de dentro da unidade prisional dão conta de que Nelciane conseguiu fugir por um buraco aberto no muro.

Conforme um agente, que não quis se identificar, as presas participavam de atividade externa na tarde de ontem, 31, momento em que Nelciane teria se escondido em cima de uma laje no pátio da Cadeia até a madrugada, quando um buraco foi cavado pelo lado de fora da unidade.

Apesar de o presídio possuir câmeras de segurança, ninguém teria visto a fuga. Isso porque não há vigilância de policiais nas guaritas que ficam em cima dos muros. Os agentes suspeitam que a fuga tenha sido premeditada.

ALTA PERICULOSIDADE- A fugitiva, segundo as investigações da Polícia Civil, está entre as mulheres que assassinaram duas jovens no Anel Viário na madrugada do dia 12 de dezembro do ano passado.

Após os crimes, Nelciane conseguiu fugir juntamente com Ana Caroline Gomes Pereira, de 22 anos, conhecida como a “Musa do crime”, que continua foragida da Justiça.

Nelciane já havia fugido da Cadeia Pública, há dois anos, depois de matar uma detenta. Na ocasião, ela cumpria pena por tráfico de drogas. O levantamento da Polícia Civil aponta que a mulher é integrante do crime organizado, de alta periculosidade e que seria soldado da facção, realizando as execuções impostas pelos líderes.

GOVERNO- A reportagem da FolhaWeb encaminhou demanda à Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania (Sejuc) questionando sobre a falta de segurança na unidade, e aguarda retorno.

Rio Branco disse: Em 01/02/2018 às 18:33:15

"Presa de alta periculosidade junto com presas comuns??!! E os 30 dias de readaptaçao em tranca fechada? Sei não mas tá cheirando a facilitação de fuga, mas os dias em breve estarão contados, a banda podre da segurança publica, ou seja agentes corruptos, responderão pelos seus atos. Bolsonaro 2018. "

Jesus está voltando! disse: Em 01/02/2018 às 16:01:46

"Esses presidiários tem marreta e talhadeira é?"

Aramis disse: Em 01/02/2018 às 15:39:51

"Os agentes suspeitam que a fuga tenha sido premeditada. Foi não! Ela tava sem fazer nada viu um.buraco e foi passear. Ela volta já. Isso só pode ser brincadeira."

Arthur Donavann disse: Em 01/02/2018 às 15:37:52

"Quando morre um detento em briga entre eles mesmo (facções) dentro do presídio a Justiça condena o estado a pagar 50 mil reais por preso morto pelos próprios presidiários. Essa detenta de alta periculosidade, que já matou algumas pessoas inclusive com requinte de crueldade, poderá fazer novas vítimas enquanto estiver foragida. Daí eu pergunto: caso essa fugitiva faça novas crimes haverá indenização para familiares das vítimas? Enquanto o estado não for responsabilizado e penalizado pelos crimes cometidos por que deveria estar sob sua custódia a rotina será essa de total descaso, de ingerência, de má gestão, de falta de seriedade. Uma vergonha, um descalabro."

Rildo Lopes disse: Em 01/02/2018 às 10:49:48

"Ainda tem que acredite que alguém que solucionar esse problema, como os outros que existem no Brasil. Entendam, enquanto existir problemas, será possível pedir recursos, e pode ser o montante que for, sempre vão dizer que não foi o suficiente. Mas o dinheiro some, através de malas, empreendimentos luxuosos, carros importados em uma cidade que sobrevive do Contra cheque. Ah um Sergio Moro ou Joaquim Barbosa em Roraima"

Manuel disse: Em 01/02/2018 às 10:41:52

"Este sistema poderia fechar as portas... serve para nada."

BOLSONARO 2018 disse: Em 01/02/2018 às 09:36:31

"Esse estado tá uma palhaçada, daqui a pouco que tá atrás das grades somos nós cidadãos reféns da criminalidade, não dão condições para a polícia trabalhar, e nem destroem essas penitenciárias que até criança foge."