SISTEMA PRISIONAL
Governo pede que Força Nacional seja substituída por grupo de intervenção penitenciário
Gostei (60) Não gostei (13)
Secretário da Sejuc quer que Ministério da Justiça envie agentes para atuar dentro dos presídios
Por Folha Web
Em 26/12/2017 às 11:46
Anuncio foi feito em coletiva que tratou sobre a entrega de armamento aos agentes penitenciários (Foto: Minervaldo Lopes)

A Secretaria Estadual de Justiça (Sejuc) encaminhou ofício solicitando que o Governo do Estado peça ao Ministério da Justiça (MJ) a substituição de policiais da Força Nacional de Segurança (FNS) por agentes do Grupo de Intervenção Penitenciário, que foi criado em janeiro deste ano para atuar dentro das unidades prisionais do País.

O efetivo da Força Nacional, com cerca de 100 agentes, está em Roraima desde o início de fevereiro, após o massacre na Penitenciária Agrícola do Monte Cristo (Pamc) que culminou na morte de 33 presos. No entanto, os policiais atuam fora dos presídios.

Segundo o secretário de Justiça e Cidadania, Ronan Marinho, caso o pedido para troca não seja aceito, o Governo deve solicitar a manutenção da Força Nacional em Roraima por mais 180 dias.

“Estamos esperançosos, porque o Ministério da Justiça tem sido parceiro e colaborado nesse momento até que possamos construir os novos presídios”, disse.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!