Boa Vista Sexta-feira, 29 de agosto de 2014
Links e Serviços
Colunas
Serviços
WebMail
 





Compartilhar


    15/10/2013 11h33

Concursados da Saúde pedem nomeação da Prefeitura


   


Foto:  Caíque Silva

Os aprovados fizeram manifesto em frente à Câmara
Caíque Silva
Editoria de Cidade


Aprovados no último concurso público para a área de saúde da Prefeitura de Boa Vista realizaram hoje, 15, pela manhã um manifesto pedindo a nomeação de todos os candidatos classificados no certame. Eles foram para frente da Câmara de Vereadores com cartazes e faixas pedindo, entre outros, a saída do atual secretário de saúde Marcelo Lopes.

De acordo com Maria de José Sobral, aprovada para o cargo de enfermeira, os concursados já conversaram com várias pessoas do primeiro escalão do município, mas até agora só fizeram promessas. “Aparece todos os dias no Diário Oficial do Município (D.O.M.) a nomeação de várias pessoas em cargos comissionados, porém as que estudaram e têm direito a serem empregadas ninguém dá valor”.

“Desde o início o secretário só vem mentindo. A desculpa deles era de que para chamar todos os concursados teria primeiro de aprovar o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR). Isso aconteceu e a carga horária ainda foi modificada de 30 para 40 horas, diferente do que estava no edital, alegando que melhoraria a saúde da população”, disse.

Maria afirmou ainda que o trabalhador comum não consegue ser atendido nos postos de saúde. “É impossível receber atendimentos da atenção básica de saúde, pois às 8h o trabalhador está no emprego e ao meio dia, na hora do almoço, o posto já está fechado. Quando chega às 18h, os profissionais da saúde encerram suas atividades. Como é que melhora dessa forma, funcionando em horário comercial?”, questionou.

“Abrir os postos de saúde nesses horários prejudica as pessoas. O certo era ser 24h, pois não existe hora para adoecer. Os novos concursados estão cumprindo às 40 horas, mas muitas vezes, em vários postos, antes das 18h, já não tem mais enfermeiro, dentista, técnicos. Isso é um absurdo. Esse concurso só aconteceu mesmo por que o Ministério Público se posicionou. Se dependesse da Prefeitura não teria saído”, relatou.

O secretário Marcelo Lopes afirmou em reunião, segundo informações de Maria, que chamaria todos os concursados nos dias 5 de julho, 5 de agosto e em 5 de setembro finalizaria. “Já estamos no meio do mês de outubro e até agora nada de convocar o restante dos aprovados. A prefeita foi pra televisão anunciar que chamaria de imediato todos os concursados, mas isso nunca aconteceu, pois só 600 servidores foram nomeados. Estamos cobrando nossos direitos. Não queremos nenhum favor”.

Outro lado
A reportagem da Folha já encaminhou e-mail para a Assessoria de Comunicação da Prefeitura e aguarda respostas sobre a situação dos concursados.

Atenção! Lembre-se que os comentários são de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal


.: Publicidades :.

















 
 
Copyrigth © 2008 - Folha de Boa Vista - Todos os Direitos Reservados