Boa Vista Quinta-feira, 24 de abril de 2014
Links e Serviços
Colunas
Serviços
WebMail
 





Compartilhar


    26/02/2012 08h09

Depois de 133 dias e uma economia de R$ 160 milhões terminou o horário de verão neste domingo


   

Terminou, à meia-noite deste sábado (25), o horário de verão deste ano, que abrangeu as regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste, o Distrito Federal e, pela primeira vez, a Bahia.


Para voltar ao horário normal, moradores dessas regiões atrasaram os relógios em uma hora. Assim, o sábado teve uma hora a mais.


Economia

A mudança durou 133 dias e gerou uma economia de R$ 160 milhões, de acordo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). O órgão diz que essa economia  tem como consequência a redução da tarifa de energia elétrica para o consumidor.


O horário de verão começou em 16 de outubro de 2011. Com os dias mais longos, o objetivo era reduzir o consumo de energia e aproveitar mais a luz do sol durante o verão. 


A redução de energia foi de 0,5% em todos os subsistemas envolvidos, o que equivale a 8% do consumo mensal da cidade do Rio de Janeiro ou 10% do consumo mensal de Curitiba e 0,5% do consumo mensal de Feira de Santana (BA).


Segundo o ONS, os 133 dias de horário de verão representaram uma redução da demanda no horário de ponta da ordem de 2.555 megawatts, sendo 1840 megawatts no subsistema que abastece as regiões Sudeste e Centro-Oeste, 610 megawatss no subsistema do Sul e 105 megawatts no subsistema do Nordeste, referente à participação da Bahia. A redução representa 4,6% da demanda máxima dos três subsistemas, informa o ONS.


Decreto

Desde 2008, com a edição de um decreto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o horário de verão se inicia no terceiro domingo de outubro e se encerra no terceiro domingo de fevereiro.


Quando ocorre coincidência entre o domingo de carnaval e o término da medida, como em 2012, o encerramento deve se dar no domingo seguinte. Neste ano, o carnaval foi comemorado entre os dias 18 e 21 de fevereiro.


Fonte: G1

.: Publicidades :.













 
 
Copyrigth © 2008 - Folha de Boa Vista - Todos os Direitos Reservados