Por Parabólica
Em 20/10/2017

Bom dia,

Existe um número razoável de pessoas e instituições, decididamente bem intencionadas, preocupadas em fornecer o maior volume de informações possível para que o eleitor e a eleitora brasileiros possam escolher melhor, nas eleições gerais de 2018, os políticos para representá-los nos governos estaduais, nas Assembleias Legislativas estaduais, na Câmara dos Deputados, e no Senado Federal. Ainda bem que tem gente consciente que nossa democracia não resistirá por muito tempo, se a atual safra de políticos continuar assaltando os cofres públicos e roubando qualquer tentativa de esperança de um Brasil melhor.

A mais recente dessas tentativas partiu de dois administradores de empresas, aparentemente de formação liberal, que indignados com o comportamento errático, aético, e imoral, de boa parte dos atuais congressistas federais, resolveram fazer um levantamento para atribuir pontos aos atuais senadores e deputados federais. Para montar a pontuação de cada um, os dois administradores levaram em conta vários aspectos de comportamento político, moral, produção parlamentar e citações em casos de corrupção. De Roraima, a maioria dos parlamentares – oito dos onze – recebeu nota negativa, indicativa de que não mereceriam ser reeleitos.

Os autores do levantamento estão divulgando os resultados pelas redes sociais e, como tantas outras, a iniciativa deve ser recebida positivamente, mesmo que o alcance de tais avaliações tenha quase nenhuma repercussão entre a maioria dos eleitores tupiniquins. Noutro dia, os resultados de uma sondagem realizada por um instituto de pesquisa muito acreditado, chegou a números aterradores. Com relação à Operação Lava Jato, apenas 30% dos pesquisados disseram ter conhecimento dela! É um número decepcionante para quem ainda acredita na possibilidade de mudanças neste país.

DEPENDE
Fontes da Parabólica garantem que ainda estão na mesa do presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Jalser Renier (SD), as mensagens da governadora Suely Campos (PP) que encaminham dois Projetos de Lei, fundamentais para que o governo estadual possa sair do sufoco financeiro atual: um trata da autorização para que o governo renegocie a dívida com o Instituto de Previdência de Roraima (IPERR) e o outro pede também autorização legislativa para que as dívidas do estado, junto aos bancos federais, sejam igualmente repactuadas. Ambas as medidas aliviam o fluxo de caixa do Tesouro Estadual.

SEM PRAZO
Pelo Regimento Interno da Assembleia Legislativa, o presidente da Casa é quem decide que pauta pode ser encaminhada para as comissões e, especialmente, para votação no Plenário. A Parabólica lembra isso para dizer que só o deputado estadual Jalser Renier pode fazer andar esses dois Projetos de Leis, que são essenciais para o governo estadual. “Eu não vejo como o governo possa conseguir aprovar os dois projetos sem um entendimento entre a governadora Suely Campos e o Jalser Renier. E como a aprovação dessas duas matérias é necessária para que o governo possa tomar novos empréstimos para fazer investimentos no ano que vem, as coisas têm de acontecer no tempo certo”, disse um deputado estadual ouvido pela Coluna.

SUSPENSÃO
O promotor Zedequias de Oliveira Júnior, da Promotoria de Defesa do Meio Ambiente, da Comarca de Boa Vista, com jurisdição também no Cantá, pediu que a Prefeitura daquele município suspenda toda emissão de licença ambiental, até que a Câmara de Vereadores de lá aprove a Lei Municipal de Uso e Utilização de Solo. Ontem à tarde o prefeito Carlos Barbudo tentava agilizar a aprovação daquela Lei.

VELHO PT
Depois de demonstrar continuar com o mesmo discurso dos “coxinhas” contra os trabalhadores, exposto no último programa gratuito de rádio e tv, o Partido dos Trabalhadores (PT) reafirmou esta semana que continua cada vez o mesmo. Através do seu site oficial, a Executiva Nacional petista divulgou nota oficial saudando o “presidente Nicolás Maduro’, e seu partido pela expressiva vitória alcançada nas últimas eleições regionais da Venezuela. Os petistas disseram que foi uma demonstração de democracia promovida pelo bolivariano. Ao contrário dos petistas, vários países do mundo disseram da existência de fraude no processo eleitoral.

SERÁ?
Na intensa maratona que o presidente da República vem enfrentando nesses dias que antecedem a votação no plenário da Câmara Federal, do segundo pedido do Supremo Tribunal Federal (STF) para lhe processar por denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR), Michel Temer (PMDB) recebeu na última quarta-feira (18) cinco dos oito deputados federais de Roraima. Da audiência também participou o presidente da Fundação Nacional do Índio (FUNAI), general Franklimberg Freitas, o que é indicativo de que um dos itens da pauta pode ter sido o destravamento da construção do Linhão de Tucuruí. Será?

FALTARAM
Pelas informações saídas do Palácio do Planalto apenas o deputado federal Remídio Monai (PR) e as deputadas federais Shéridan Oliveira (PSDB) e Maria Helena Veronese (PSB) não foram ao encontro quase noturno com Michel Temer. A Parabólica não tem informação se as ausências ocorreram por recusa daqueles parlamentares ou se não foram avisados tempestivamente pelo coordenador da bancada, o deputado Abel Galinha (Democratas).

Parabólica
parabolica@folhabv.com.br
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Parabólica
+ Ler mais artigos de Parabólica