Por Parabólica
Em 08/03/2018

Bom dia,

Agora é a vez da Câmara dos Deputados se mobilizar para enfrentar o drama da migração venezuelana para Roraima. Os deputados federais Remídio Monai (PR) e Carlos Andrade (PHS) encabeçam uma Comissão Externa, que virá ao Estado e conversará com todos os atores envolvidos na questão. Ao final, encaminharão relatórios pedindo providências práticas a quem de direito. Não é possível que essas recomendações venham ser ignoradas, especialmente pelo governo federal.

AJUSTANDO
O presidente da Assembleia Legislativa do Estado (ALE), Jalser Renier (SD) reuniu-se às portas fechadas com cerca de 20 deputados estaduais. Revelou que está disposto a apoiar a candidatura do ex-governador Anchieta Júnior (PSDB) ao Governo do Estado na eleição de outubro e concitou aos colegas mais chegados que façam o mesmo. Disse que respeitaria a opção de cada um, mas apelou para que as opções eleitorais não interfiram no ambiente interno da ALE, que deve continuar reinando sob o clima de entendimento entre os pares.

FORÇA
Ainda durante a reunião, o presidente da Assembleia Legislativa disse aos seus colegas que as eleições de 2018 podem ser uma oportunidade para que os deputados estaduais mostrem sua força. Citou como exemplo as eleições dos colegas Oleno Matos (PCdoB) para a Câmara Federal e Mecias de Jesus para o Senado Federal. Disse que a vitória dos dois seria uma prova do prestígio político de todos os 24 parlamentares que compõem a Casa Legislativa do estado. É, pelo menos até agora, o clima dentro da ALE.

INTERCÂMBIO
Nem tudo está perdido na Venezuela. Uma equipe de professores da Universidade Nacional de Guiana (Estado de Bolívar) esteve neste começo de semana em Boa Vista. Vieram para reativar entendimentos com a Universidade Estadual de Roraima (Uerr) e iniciar conversações com a Universidade Federal de Roraima sobre a possibilidade de parcerias entre as instituições. A Universidade Nacional de Guiana já realiza cursos de pós-graduação lato sensu (especialização) e stricto sensu (mestrado e doutorado) em várias áreas de conhecimento, em seu campus de Santa Elena do Uairén.

SEMINÁRIO
Uma das ideias trazidas pelos professores da Universidade Nacional de Guiana é a realização, em curto prazo, de um seminário especialmente dedicado a discutir questões práticas do comércio bilateral entre Roraima e o Sul da Venezuela. O evento teria a presença de professores e especialistas dos dois países sobre as particularidades e os meios de realização de negócios entre empresários das duas regiões. Como se vê, na Venezuela tem muito coisa além de Nicolás Maduro e sua turma.

REBELO
O ex-presidente da Câmara dos Deputados e ex-ministro da Defesa e da Ciência e Tecnologia, Aldo Rebelo, deixou o PCdoB e agora está filiado ao PSB, pelo qual deve ser candidato à presidência da República. Nada contra os demais candidatos dos outros partidos, mas se conseguir mesmo sair candidato, Aldo Rebelo é, de longe dentre todos os outros, o que mais conhece a importância estratégica de Roraima. Sério, probo e patriota, Rebelo sempre defendeu o desenvolvimento do estado mesmo quando contrariava a esquerda mais radical. Quando deputado federal, e relator do Código Florestal, que acaba de ser referendado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), ele enfrentou ambientalistas radicais e impediu a falência do agronegócio brasileiro. É uma opção interessante.

ESCLARECIMENTO
Da Secretaria de Comunicação (Secom) do Governo estadual recebemos a seguinte Nota de Esclarecimento: “Sobre as Notas ‘Saia Justa’ e ‘Descoberto’, publicadas na edição do dia 7 de março, da coluna Parabólica, do jornal Folha de Boa Vista, a Secretaria de Comunicação do Governo de Roraima esclarece não houve nenhum pagamento indevido, uma vez que o Decreto 206-P, de 7 de fevereiro de 2018, tornou sem efeito o artigo 2º do Decreto 66-P, de 17 de janeiro de 2018, que tratava da nomeação do referido servidor, não gerando nenhuma obrigação do Estado para com o referido profissional”. Está feito o registro. E quem pagou?

MAIS UM
Pois é, enquanto onze ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) continuam enredados com os processos envolvendo políticos com foro privilegiado, e não conseguem mandar qualquer um deles para a cadeia – alguns desses acusados respondem a mais de uma dezena de processos –, o juiz federal Sérgio Moro continua mandando corruptos para a cadeia. Ontem, foi a vez do ex-presidente do Banco do Brasil, Aldemir Bendini, que a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) nomeou para presidir e acabar com a corrupção na Petrobras. Moro condenou Bendini a nada menos que 11 anos de prisão. E a acusação contra ele foi feita há cerca de um ano. No, SFT tem canalha respondendo a processo faz mais de dez anos.

EXTERNA
Foi instalada nessa quarta-feira (7), na Câmara dos Deputados, a Comissão Externa Crise na Venezuela (CEXRR), destinada a acompanhar o crescente fluxo de imigrantes no estado de Roraima. O deputado federal Carlos Andrade (PHS) é o presidente da Comissão, e um dos relatores é o deputado federal Remídio Monai (PR), que na sessão de instalação apresentou o plano de trabalho elaborado a partir de cinco eixos centrais, que consistem no levantamento de diagnósticos, interlocução com autoridades brasileiras, interlocução com lideranças entre os imigrantes, levantamento do impacto negativo na prestação dos serviços públicos e verificação dos compromissos assumidos em relação à garantia dos direitos humanos. A previsão é de que a visita da Comissão Externa a Roraima comece a partir de hoje, quinta-feira (8).

Parabólica
parabolica@folhabv.com.br
SANTOS disse: Em 08/03/2018 às 10:21:01

"- REBELO - Faltou dizer que, uma vez comunista, comunista sempre. Farei oposição ferrenha!!!"

Últimas de
Parabólica
+ Ler mais artigos de Parabólica