Por Francisco Cândido
Em 25/01/2017

4ª PARTE.
RÁDIO RORAIMA - RÁDIO NACIONAL DE BOA VISTA – AM e FM.
60 ANOS NO AR (1957 – 2017)

Você que acompanha a História da Rádio Roraima, saiba que publicamos a 1ª Parte no dia 04 de janeiro, a 2ª Parte no dia 11, a 3ª no dia 18 e, hoje, dia 25 de janeiro, a 4ª Parte.
._________
Continuação ...

Em 12 de setembro de 1977, com a absorção da Rádio Difusora de Roraima pela Empresa Brasileira de Radiodifusão -RADIOBRÁS, a emissora recebeu um novo nome: “Rádio Nacional de Boa Vista”, tendo como primeiro Diretor Francisco Galvão Soares que permaneceu no cargo até 01/10/1981.

A RADIOBRÁS. Vinculada ao Ministério das Comunicações, absorveu parte da equipe de funcionários da antiga emissora Rádio Roraima. E, em 1982 a Rádio foi transferida do Teatro Carlos Gomes, onde estava instalada, e foi para o novo prédio construído na Avenida Capitão Ene Garcez, 830 – no Bairro São Francisco (onde está até hoje). Na época a Rádio era só AM (Amplitude Modulada). O diretor era José Faid Ribeiro de Faria.

A “FM” (Frequência Modulada) NACIONAL:

Em 1983, atendendo ao Projeto do Superintendente da Radiobrás na Amazônia, José Alves Gutemberg, foi instalada a “Rádio FM Nacional”. Na ocasião, o Gerente da FM (e também da AM) era o Contador da emissora o senhor João Waldecy Muniz de Souza, já que o José Faid havia retornado para Rondônia.

A Rádio FM Nacional passou a funcionar numa das dependências da emissora, anexa ao estúdio da Rádio AM. Os primeiros locutores da FM Nacional foram os radialistas Neto Araújo (Joaquim José de Araújo Neto), vindo da cidade de Cruzeiro do Sul, no Acre, e o roraimense Juscelino Magalhães (hoje já falecido).

Em 1984, veio de Brasília o radialista Sérgio Getúlio da Rosa Camargo que estimulou a Programação e a área comercial. Em setembro, ele foi transferido para Manaus e depois para Brasília, deixando em seu lugar aqui na Rádio em Boa Vista, novamente o contador João Valdecy Muniz de Souza.

No dia 15 de outubro de 1985 veio um novo Diretor geral, o jornalista e radialista Francisco Cândido (o autor desta reportagem), transferido da Rádio Nacional de Tabatinga, no Amazonas, onde era o Gerente e já havia dirigido a Rádio Nacional de São Gabriel da Cachoeira, também no Amazonas. Em 1986 assumiu, interinamente, o apresentador de Programa de forró, Jorge Luiz, indicado pelo governador, à época, Getúlio Cruz.

No final de 1986 saiu o Jorge Luiz e, no ano seguinte, 1987, passou pela gerência da Emissora, três gerentes: Edur Costa, Bernardinho e Humberto Campos (ex-vereador), indicados pelo governador general Roberto Pinheiro Klein (14/10/1987 a 15/09/1988).

No final de 1987 e até maio de 1989, a Rádio Nacional de Boa Vista teve um gerente especialista em comunicação, o veterano do Rádio: Júlio Torreyas (Geraldo Júlio Torreyas). Este assumiu a Diretoria e melhorou a arrecadação financeira da Emissora, devido, em parte, ao aumento de “Recados” veiculados pelos garimpeiros no auge da corrida ao garimpo no interior de Roraima. Julio Torreias foi além de diretor da Rádio Nacional, o último gerente regional da Radiobrás na Amazônia, haja vista a extinção, à época, da Superintendência  da Radiobrás em Manaus, no Amazonas.

No período de 15/09/1988 a 31/12/1990 o Território Federal teve como governador o hoje senador Romero Jucá Filho. No dia 26 de maio de 1989 o governador conseguiu da Radiobrás, que era a detentora da Concessão de funcionamento da Rádio Nacional de Boa Vista (AM e FM), a administração da emissora para o Governo de Roraima. E, meses depois, a Rádio Nacional FM (que funcionava anexa à Rádio Nacional AM) foi vendida para o grupo político, representado pelos ex-deputados federais Mozarildo Cavalcanti e Luciano de Castro, que montaram a hoje “Rádio Tropical” 94.1 (instalada no Bairro de Aparecida). Tempos depois, um terceiro sócio veio fazer parte da sociedade, o empresário Pedro José. E, para gerenciar a nova Emissora, foi convidado o radialista Carlos Alberto Alves.

Vendida a FM Nacional para o grupo político/empresarial, restou somente a Rádio Nacional AM 590. E, nesta os gerentes se sucederam à medida que mudava o cenário político local. Ora um gerente era indicado pela

Câmara Municipal, ora pelo Governo.

No período de 31/12/1990 a 15/03/1991, o governador era o alagoano Rubens Villar de Carvalho, indicado pelo Presidente Collor de Mello. Neste período, a Rádio Nacional deixou de existir e, em seu lugar, foi criada a “Fundação Rádio Roraima”, tendo como Presidente: Edu Costa; vice: Ailton Costa; e, como gerente o radialista Júlio Torreyas, auxiliado pelo gerente administrativo Geraldo França (Francisco Geraldo França).

Leia na próxima quarta-feira, dia 01 de Fevereiro, a continuidade desta história. A Rádio Roraima foi inaugurada no dia 04/01/1957 e neste ano de 2017 completa 60 anos.


Francisco Cândido
franciscocandido992@gmail.com
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Minha Rua Fala
+ Ler mais artigos de Minha Rua Fala