Por Folha Web
Em 24/01/2018

 ESPAÇO DO LEITOR 

LENHA
O leitor José Maria Lira da Costa comentou a notícia ‘Preço do gás ainda não foi definido’: “Eu vejo estas coisas como muito interessante. Quando é o aumento por menor que seja, ainda não está nem definido, mas o pobre do consumidor já vê o impacto no bolso, pois as distribuidoras aumentam logo o preço. Quando é para baixar o preço é esse protocolo todo, ficam esperando que as revendedoras repassem o preço, e com isso quem perde é o consumidor. O jeito é ir pro fogão à lenha, e tem mais, isso se o Ibama deixar cortar pau para fazer lenha. Temos ainda esse obstáculo”.

DESASSISTIDO
A leitora Danielle Minohara comentou a notícia ‘Moradores sofrem com falta de infraestrutura no bairro Operário’. “Sou moradora do bairro Operário há mais de 10 anos e o bairro não tem infraestrutura e nem esgoto. No verão, a poeira é grande e, no inverno, as ruas ficam intrafegáveis. Nesse ano de eleição, vai aparecer um monte de candidato aqui pedindo voto, dizendo que vai melhorar o bairro, mas como sempre e só mentira, e o bairro continua desassistido pelos governantes”, disse.

CONSEQUÊNCIAS
Já o leitor José Inocente da Silva comentou a notícia ‘Serviços de venezuelanos dividem opiniões’. “É notório que a crise da mal sucedida administração do governo de Nicolás Maduro transformou a Venezuela num caos social e, por esse motivo, várias pessoas desse país atravessam a fronteira para o Brasil para fugir da fome. Bem, até aí é compreensível, mas o que não pode é ver os órgãos públicos oferecendo refúgio sem ter condições de dar a assistência devida. Com isso, quem sofre as consequências é a população de Roraima, que tem que conviver com essa situação vendo as ruas da nossa linda Boa Vista transformadas em ambiente de pedintes e de pessoas sem nenhuma perspectiva de vida perambulando pelas ruas sem rumo”, opinou.

Folha Web
fale@folhabv.com.br
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Espaço do Leitor
+ Ler mais artigos de Espaço do Leitor