Por Folha Web
Em 20/11/2017

 ESPAÇO DO LEITOR 

ACIDENTE 1

O leitor Henrique Sérgio Nobre comentou sobre a matéria “Acidente deixa um morto e um ferido na Ville Roy”: "A imprudência no trânsito tem tirado a vida de muitas pessoas jovens. O difícil de acreditar é que ainda existam pessoas que têm a coragem de andar com quem é imprudente, neste caso, a jovem que foi em estado grave para o hospital. A vida humana é como uma vela ao vento quando se credita esta vida nas mãos de transloucados".

ACIDENTE 2
Jhonatas Bernardo Enquanto também opinou sobre o mesmo assunto: “Se o condutor não tiver consciência, tanto estará arriscando sua vida quanto das outras pessoas. E muita alta confiança e desrespeito às leis de trânsito dá nessas consequências”.

LADRÕES
Internauta que se identificou por Davi se posicionou a respeito da matéria “Marginais furtam salão de beleza e residência no Hélio Campos”: "Esses bandidos são covardes! Quero ver se fazem ou conseguem invadir e roubar a casa dos políticos!".

GALHADAS
Leitora J.R. enviou a seguinte sugestão: “Gostaria de ler uma matéria acerca do aumento absurdo da taxa de recolhimento de galhada [pela Prefeitura de Boa Vista]. Custava menos de R$ 50,00 e agora custa R$ 200,00. Eles multaram muitos donos de terrenos e agora querem ganhar mais ainda”.

RAIO-X
Victor Hugo opinou sobre “Coronel Mota abrirá para exames de raio-X no feriado”: “No mês 9, fui marcar um exame de raio-X, no Coronel Mota, e a data mais próximo disponível era dia 8 de dezembro. É bom que, antes de fazer o exame, você já saiba que está bem, porque se você estiver doente morre esperando”.

Folha Web
fale@folhabv.com.br
SANTOS disse: Em 20/11/2017 às 11:18:03

"GALHADAS ? É o que se pode chamar de inversão de valores. Aumentaram o valor da Taxa de Recolhimento e mantiveram o valor da multa. Quer dizer, penalizam o cidadão cumpridor das regras, mas aliviam para aqueles que não receitam a municipalidade colocando entulho e galhadas em qualquer dia, deixando seus lotes cheios de mato ou ateando fogo colocando em risco o patrimônio de seus concidadãos. Virou moda: Prenda-se a vítima e deixe-se o criminoso em liberdade."

Últimas de
Espaço do Leitor
+ Ler mais artigos de Espaço do Leitor