Por Shirley Rodrigues
Em 06/03/2018

Com Nada 
* A primeira reação de quem é vítima de crimes virtuais é correr pras redes sociais e se justificar. O que especialistas consideram atitude impetuosa e que, em 99,9% dos casos, ao invés de amenizar a situação, acaba potencializando. Na verdade, as justificativas num caso desses são em vão, pois para nossos amigos não precisa, eles nos conhecem e nos aceitam como somos. Para os inimigos, não adianta, pois, por mais que falemos a verdade, eles não vão acreditar.

Com Tudo 
* Uma das profissões que está mais em alta no mundo, hoje em dia, é a de cozinheiro. Os grandes chefs de cozinha não só ganham muito bem, como têm emprego garantido em qualquer lugar do mundo. Eles se tornaram autênticas celebridades e os mais destacados estão sempre em badalados programas de TV, estrelam reality shows, viajam o mundo inteiro ministrando palestras e oficinas e possuem seus próprios restaurantes, geralmente concorridíssimos.

A querida Shirley Cabral Brito e sua linda família: Narrila e Carlos Emílio (filhos), dona Olga (mãe) e coronel Carlos Alberto Brito (marido)

Virtual
* Sabe aquela história de que sujeira quanto mais mexe, mas cheira mal? Com as redes sociais também é assim. Pois é justamente o que acontece quando alguém que tem o nome jogado nas redes sociais, tenta se justificar. A emenda acaba sendo sempre pior do que o soneto.
* O mais indicado para situações como essas é “mergulhar” e deixar a onda passar. Traduzindo em bom português, é ignorar o assunto, se recolher e esperar, pois amanhã ou depois surgirá outro escândalo e o seu será esquecido.

Virtual II
* Mas, se alguém quer realmente apurar um crime virtual cometido contra sua pessoa, a primeira coisa que deve fazer é ir a uma delegacia de polícia e registrar um boletim de ocorrência. Isso por si só demonstrará a intenção de esclarecer o ocorrido e punir o responsável.
* E, ao invés de ficar se justificando e atraindo mais falatórios em torno da questão, disponibiliza o número do B.O. e diz que o delegado é responsável pela investigação. E dá o caso por encerrado, porque daí o resto é com a polícia.

Glaud Stone Silva Pereira e sua Sandra, e Emily Carolina Cova Garcia, em recente evento social

Da Denúncia
* Quando uma pessoa quer realmente denunciar que foi vítima de crime virtual, faz como a atriz Carolina Dieckmann: vai à delegacia, registra ocorrência e pede providência. O caso dela, não só foi esclarecido e o culpado punido, como agora tem até uma Lei com seu nome, específica para esses casos.
* O ator Bruno Gagliasso e sua mulher Giovanna Ewbank, sempre que denunciam injúrias raciais contra a filha Titi, mostram tudo em vídeos, desde a hora que saem de casa até o registro do caso na delegacia.

Da Denúncia II
* Na verdade, tudo que for postado em redes sociais, especialmente no aplicativo WhatsApp, de alguma forma ficará para sempre na internet, pois há sempre um desocupado de plantão printando e espalhando e para isso contam com uma verdadeira legião de iguais para repassar, como se fosse a coisa mais natural do mundo.
*Isso significa que, qualquer um de nós poderá ser vítima e ter seu nome e imagem viralizados na rede mundial de computadores. E só tem duas soluções, vai à polícia e denuncia mostrando tudo ou num dá confiança.

Max Schmöller (Fotoclube Roraima), Paula Cruz (diretora geral do Grupo Folha) e Aline Aguiar, diretora de marketing do Pátio Roraima Shopping, durante abertura da exposição fotográfica “Mulher migrante, imigrante e sua força”

#Rápidas
* De aniversário nesta terça-feira deputado Chicão da Silveira, Dr. Iguatemy Ziegler e Meirely Ferreira.
*Nesta próxima quinta-feira, 8, Dia Internacional da Mulher, o Grupo Criart apresentará o espetáculo ‘Maria’, no Plenário Deputada Noêmia Bastos Amazonas, a partir das 9h.
*E a Defensoria Pública também iniciou extensa programação ontem, dia 5, por conta do Dia Internacional da Mulher, que tem como público-alvo as mulheres.
*A Semana da Mulher da DPE terá diversas atividades, como palestras, orientação em saúde, evento musical, lançamentos de projetos inovadores, entre outras atividades, na avenida Sebastião Diniz, 1165, Centro.

O formando em Teologia, João Batista, com sua esposa Alcineia Santos e a filha Jaine Chrysley

#Tá Valendo
Mulheres
*Até o dia 19 deste mês, ficará aberta para visitação pública a exposição fotográfica “Mulher migrante, imigrante e sua força”, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, celebrado no dia 8 de março. O evento é uma realização do Fotoclube Roraima em parceria com o Pátio Roraima Shopping.

Digital
* Nos dias 15 e 16 de março, acontecerá em Boa Vista o curso “Marketing Político Digital 2018 – da pré-campanha à reta final em 11 passos”, que será ministrado pelo consultor e estrategista Fred Perillo, da agência Nuvem Digital (Brasília), em parceria com a Agência Like U (Boa Vista). Informações e vendas: 95 98116-5259/99118-1363/99112-5917.

Estilosa Elisa De Lux, no clic de Luan Pablo Amarante

Shirley Rodrigues
shirleyfolha@hotmail.com
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Social
+ Ler mais artigos de Social