Por Moara Albuquerque
Em 16/04/2018

O clássico que nunca sai de moda

Todo mundo sabe que o que é clássico nunca sai de moda. Mas afinal, o que é uma decoração clássica?
Quando falamos em clássico, para o design de interiores e a arquitetura, é todo o estilo que remonta à arquitetura grega e romana.
Como identificar? Nesse estilo, os móveis vêm cheios de detalhes, linhas sinuosas, os ambientes têm tons de creme, dourado, bronze, branco e marrom, flores e padronagens de arabescos em tecidos, detalhes construtivos ou de móveis. São detalhes e adornos em todo o espaço, desde o gesso até os móveis e rodapés, com o uso de tecidos pesados, madeira nobre e pedras, como o mármore.
Espaços decorados com esse estilo imprimem classe, tradição, através de antiguidades ou peças passadas de geração em geração pela família, sofisticação e nobreza.

 

A grande representante desse estilo é a famosa poltrona Luís XV, do século XVIII. Na segunda imagem, temos a sua releitura, com cores e acabamentos contemporâneos.

Muitas vezes a nossa cliente adora o estilo, enquanto o marido não curte muito. O que fazer? Solucionamos esse impasse com uma mistura de estilos, o clássico com o contemporâneo. Essa mistura, quando feita de maneira harmoniosa, respeitando o conceito de design do ambiente em questão, fica linda e irreverente – mostra que o casal gosta de inovar e que tem personalidade!

Cuidado na hora de misturar, para não ficar uma confusão visual. Uma ótima dica é selecionar um elemento clássico e “renová-lo” com um toque de contemporaneidade, como uma cortina clássica, com acessórios mais modernos. O uso de cores também ajuda a quebrar a seriedade que a decoração clássica pode trazer aos ambientes.

 

Uma mistura que funciona: clássico e contemporâneo! Detalhe para a luminária com linhas modernas em contraste com as poltronas Luís XV. Na segunda imagem, a “quebra” do estilo

O estilo clássico tradicional praticamente não é mais usado sozinho no design de interiores, pois ele não é muito prático, pesa visualmente para o nosso olhar atual, além de parecer artificial ou deslocado.

Como a especialidade daqui da OpenDoor Arquitetura é arquitetura comercial, não poderíamos deixar de dar um exemplo do nosso ramo! O caso mais recorrente de erro ao usar o estilo clássico é nos restaurantes. A comida tradicional e o desejo de imprimir um ar de sofisticação ao ambiente levam o proprietário mais desavisado ao erro na hora de decorar o seu restaurante. Uma decoração extremamente clássica funciona nos restaurantes realmente antigos, em edifícios históricos, que foram mantendo o seu padrão estético ao longo do tempo. Hoje em dia, abrir um restaurante com esse design pode ficar artificial. O ideal é usar algumas referências do clássico, em uma decoração mais moderna.

 

Opção de decoração para substituir o uso total do clássico tradicional: uma releitura da decoração clássica! Traz sofisticação e modernidade ao ambiente.

 

 

 

 

 

Moara Albuquerque
contato@opendoor.arq.br
Moara Albuquerque é arquiteta da OpenDoor Arquitetura, uma empresa voltada para a criação de projetos comerciais e clínicos.
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Decore+BV
+ Ler mais artigos de Decore+BV